Tradutor/ Translate

Sexta-feira decisiva na Seletiva de tênis de mesa para os Jogos Paralímpicos de Tóquio

Sexta-feira decisiva na Seletiva de tênis de mesa para os Jogos Paralímpicos de Tóquio
Jennyfer Parinos encara alemã no jogo decisivo desta sexta
Foto: Ale Cabral / CPB.

Os mesa-tenistas do Brasil terão uma sexta-feira decisiva na Seletiva Mundial para os Jogos Paralímpicos, em Lasko, na Eslovênia. Nesta quinta-feira, 3, os quatro representantes do país não tiveram sucesso em seus desafios e necessitam vencer seus compromissos para continuarem sonhando com vagas em Tóquio. Somente o vencedor de cada classe estará garantido no grande evento em agosto. A competição tem transmissão ao vivo pelo YouTube.

AMIGO LEITOR
Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico. Não deixe essa chama apagar. Neste momento de dificuldade, toda contribuição financeira é bem-vinda.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro - Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

+ Dez atletas alcançam índice para Tóquio na seletiva de natação paralímpica

A medalhista paralímpica Jennyfer Parinos, da classe 9 feminina, foi superada na estreia pela russa Olga Komleva, por 3 a 0 (7/11, 4/11 e 5/11). A adversária desta sexta, às 4h (de Brasília), será a alemã Lena Kramm, que também perdeu para a russa no primeiro confronto. Portanto, quem vencer garante vaga na semifinal e quem perder se despede.

+ Seletiva de Tênis de Mesa para os Jogos Paralímpicos de Tóquio inicia hoje na Eslovênia

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

Mais jovem entre os brasileiros na Seletiva, Paulo Henrique Fonseca, da classe 7 masculina, também não obteve sucesso na estreia. Ele perdeu para o alemão Jochen Wollmert, por 3 a 0 (7/11, 9/11 e 4/11). Sua situação é semelhante à de Jennyfer Parinos: precisa vencer o argentino Aleksy Kaniuka, às 6h, para passar de fase.

Carol Santiago fica a 57 centésimos de recorde mundial na seletiva da natação paralímpica

Representante brasileiro na classe 10 masculina, Claudio Massad deu trabalho para o montenegrino Luka Bakic, mas também perdeu, por 3 a 0 (7/11, 4/11 e 9/11). Ele buscará a vaga nas oitavas de final diante do iraquiano Abdulrahman Shafeeq, às 5h20, tentando o segundo lugar do grupo C.

Brasil conquista número recorde de vagas no esqui cross country para Pequim 2022

Na classe 4 masculina, o experiente Ecildo Lopes não tem mais chances de conquistar a vaga. Ele perdeu os dois compromissos do dia no grupo D: contra o sul-coreano Kim Gyujeong, por 3 a 2 (12/10, 8/11, 11/7, 9/11 e 12/14), e contra o iraquiano Muntadher Al Sarraji, por 3 a 0 (5/11, 9/11 e 6/11). Nesta sexta-feira, ele encara o checo Filip Nachazel, às 6h.

Brasileiros conquistam índices para Tóquio

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos este site. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

Dez mesa-tenistas brasileiros já estão classificados nominalmente para os Jogos Paralímpicos de Tóquio, são eles: Bruna Alexandre (classe 10), Cátia Oliveira (2), Lethícia Lacerda (8), Israel Stroh (7), Welder Knaf (3) Joyce Oliveira (4), Danielle Rauen (9), Paulo Salmin (7), Luiz Manara (8) e Carlos Carbinatti (10).

*Com informações da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM)

Fonte: CPB (Comitê Paralímpico Brasileiro)

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.