Tradutor/ Translate

Brasileiros ficam sem medalhas no primeiro dia do Mundial de Judô em Budapeste

Brasileiros ficam sem medalhas no primeiro dia em Budapeste
Eric Takabatake venceu Harim Lee na estreia do Mundial
Foto: Lara Monsores/CBJ

Eric Takabatake vence uma luta e para nas oitavas. Gabriela Chibana não passa por Shira Rishony

AMIGO LEITOR
Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico. Não deixe essa chama apagar. Neste momento de dificuldade, toda contribuição financeira é bem-vinda.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro - Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

Os brasileiros Eric Takabatake (60kg) e Gabriela Chibana (48kg) lutaram na madrugada deste domingo, 06, em Budapeste, no primeiro dia do Campeonato Mundial de Judô. As preliminares começaram às 5h da manhã e as disputas por medalhas serão a partir do meio dia, no horário de Brasília.

Judô Tênis

+ Começa neste domingo, 06, em Budapeste o Mundial de Judô

Chibana foi a primeira a entrar no tatame da Laszló Papp Arena e não conseguiu passar pela israelense Shira Rishony, número 13 do mundo, que pontuou um waza-ari e adminstrou a vantagem até o fim da luta.

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

Mulheres brilham e Brasil conquista mais 2 ouros e 1 bronze no Azerbaijão

A primeira vitória brasileira, no entanto, saiu em seguida, com Takabatake. Em luta dura com o sul-coreano Harim Lee, o brasileiro forçou dois shidos no adversário, levou um, e decidiu o combate no golden score, projetando Lee para marcar um waza-ari e avançar às oitavas-de-final. Nessa fase, Eric parou nas punições diante do búlgaro Yanislav Gerchev e finalizou sua participação no Mundial com uma vitória e uma derrota.

Lúcia Araújo leva o bronze no GP de judô do Azerbaijão

Eric é o atual número 13 do mundo entre os ligeiros (60kg) e buscava um bom resultado para entrar no Top 8 mundial, o que lhe garantiria uma posição de cabeça de chave nos Jogos Olímpicos.

Grand Prix de Baku começa nesta terça com seis brasileiros em ação no tatame

Chibana, por outro lado, é a número 24 do mundo e tenta manter-se na zona de ranqueamento olímpico. O Mundial é a última competição que distribui pontos no ranking olímpico. A lista será atualizada pela última vez neste ciclo ao final dos oito dias de disputas em Budapeste.

Larissa Pimenta é a única representante brasileira no segundo dia de competição

Nesta segunda-feira, 07, o Brasil será representado pela meio-leve Larissa Pimenta no segundo dia de disputas. Uma das principais revelações do judô brasileiro neste cilco olímpico, Pimenta vai em busca de sua primeira medalha em Mundiais Sênior. Ela é uma das cabeças de chave de sua categoria e, por isso, estreará na segunda rodada contra a vencedora do confronto entre Naomi Van Krevel (Holanda) e Kristine Jimenez (Panamá).

O Brasil não terá representantes nas chaves masculinas do meio-leve nesta segunda. Daniel Cargnin, que havia sido convocado para esse Mundial, testou positivo para Covid-19 nos protocolos pré-viagem e ficou fora da disputa.

Acompanhe a nossa cobertura em tempo real pelo Twitter @judoCBJ

Fonte: CBJ (cbj.com.br)

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.