Preparação

Judô brasileiro disputará Abertos de Odivelas e Sófia em preparação para o Grand Slam de Paris

215.V

Rafal Burza / CBJ
Allan Kuwabara (60kg) será um dos representantes do Brasil em Sófia, na Bulgária.

Allan Kuwabara (60kg) será um dos representantes do Brasil em Sófia, na Bulgária.

Competições acontecem nos dias 1 e 2 de fevereiro em Portugal e Bulgária, respectivamente

Onze atletas da Seleção Brasileira de Judô embarcarão nesta quarta-feira, 29, para as próximas competições da temporada 2020. A equipe feminina do Brasil seguirá para Portugal, onde disputará o Aberto de Odivelas, enquanto a masculina irá para a Bulgária disputar o Aberto de Sófia. As competições distribuem até 100 pontos (campeão) no ranking mundial da FIJ.

Em Odivelas, o judô brasileiro será representado por: Larissa Pimenta (52kg), Sarah Menezes (52kg), Samara Oliveira (63kg), Danielle Karla (70kg) e Beatriz Souza (+78kg). As lutas estão previstas para começar às 7h (de Brasília), com as finais do primeiro dia sendo disputadas às 13h (de Brasília). As finais do segundo dia acontecem logo após a fase preliminar, prevista para às 7h (de Brasília).

A seleção masculina de judô em Sófia será representada por: Phelipe Pelim (60kg), Allan Kuwabara (60kg), Willian Lima (66kg), Marcelo Contini (73kg), Michael Marcelino (73kg) e Guilherme Schimidt (81kg). Os combates estão previstos para começar às 6h (de Brasília), com as finais às 12h (de Brasília) no primeiro dia. Já no segundo dia, as disputas de medalhas acontecem após a fase preliminar, que começa às 6h (de Brasília).

Preparação para Paris

Após as disputas dos Abertos de Odivelas e Sófia, as delegações brasileiras seguirão o cronograma com o foco no Grand Slam de Paris. A delegação feminina fica em Odivelas, participando de treinamentos em solo português, enquanto os homens saem de Sófia no dia 3 de fevereiro e vão para Sainte-Geneviève-des-Bois, na França, dar prosseguimento à preparação para o Grand Slam francês, disputado de 8 a 9 de fevereiro.

Paris é o primeiro Grand Slam do ano e oferece aos atletas a oportunidade de somarem mil pontos no Ranking Olímpico.  

www.cbj.com.br
Confederação Brasileira de Judô

Mais...

Buscas

Todas as notícias