Walter Pitombo Laranjeiras é reeleito presidente da Confederação Brasileira de Voleibol

Walter Pitombo Laranjeiras é reeleito presidente da Confederação Brasileira de Voleibol
Eleição foi realizada em hotel no Rio de Janeiro
Foto: Divulgação/CBV

A chapa #Tradição, Ética e Inovação composta por Walter Pitombo Laranjeiras, o Toroca, (presidente) e Radamés Lattari (vice-presidente) comandará a Confederação Brasileiro de Voleibol (CBV) no quadriênio 2021 a 2025. A eleição foi realizada, neste domingo (10.01), em um hotel no Rio de Janeiro (RJ). Esse será o segundo mandato de Toroca como presidente da instituição. A outra chapa concorrente, Renova Vôlei, teve como formação Marco Túlio Teixeira (presidente) e Sérgio Dutra dos Santos (vice-presidente).

AMIGO LEITOR

Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico.
Venha fazer parte desta família.
Colabore com a divulgação dos esportes.
Não deixe essa chama apagar.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro
Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

O resultado apontou 151 votos para a chapa #Tradição, Ética e Inovação contra 96 para a chapa Renova Vôlei.

+ Curitiba Vôlei e Sesi Vôlei Bauru abrem segunda rodada do returno

Judô Tênis

Presidente eleito para seu segundo mandato, Toroca comentou sobre a importância de trabalhar em busca do desenvolvimento da modalidade.

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

“Hoje foi um dia histórico para o voleibol brasileiro e é pelo bem desse esporte que tanto amamos que comemoramos o resultado dessa eleição que contou com votos de todo o país. Foi um resultado democrático e agora vamos seguir trabalhando pelo desenvolvimento cada vez maior da nossa modalidade”, enfatizou Toroca.

+ No tie-break, Minas Tênis Clube vence Vôlei UM Itapetininga

Eleito vice-presidente, Radamés Lattari comemorou a vitória e comentou sobre os objetivos para o mandato.

“A CBV foi a primeira confederação a incluir os atletas e os clubes no seu colégio eleitoral. Tudo foi feito de forma transparente e o que aconteceu hoje foi acertado em uma assembleia há um ano. Todos sabiam quem poderia votar. Estamos felizes com o resultado e a partir de amanhã todos temos que trabalhar juntos pelo voleibol brasileiro. Nenhum esporte é tão vitorioso quanto o nosso. A outra chapa também fez um belo trabalho e, com todas as diferenças, temos que somar pelo nosso esporte”, disse Radamés Lattari.

+ Montes Claros América Vôlei consegue virada e derrota Sesi-SP

O Colégio Eleitoral para 2021 foi constituído por 102 integrantes distribuídos da seguinte forma: as 27 federações estaduais; os quatro atletas das Comissões Nacionais (presidente e vice-presidente da comissão de vôlei de quadra e presidente e vice de vôlei de praia); 54 atletas das Comissões Estaduais (dois por unidade federativa, sendo um representando a praia e outro a quadra); os oito medalhistas olímpicos eleitos; e nove clubes.

+ Sesc RJ Flamengo vence duelo carioca contra o Fluminense

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro

Fonte: CBV (cbv.com.br)

Share