Tradutor/ Translate

Seleção feminina empata com Canadá no último amistoso antes de Tóquio

Foto: © Richard Callis/SPP/CBF/Direitos Reservados

A seleção brasileira feminina de futebol não saiu do 0 a 0 com o Canadá, no último teste preparatório antes da Olimpíada e Tóquio (Japão), realizado nesta segunda-feira (14), em Cartagena (Espanha). Na próxima sexta (18), a técnica Pia Sundhage convocará 18 jogadoras e quatro suplentes da seleção que representará o pais na Tóquio 2020.

AMIGO LEITOR
Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico. Não deixe essa chama apagar. Neste momento de dificuldade, toda contribuição financeira é bem-vinda.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro - Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

No amistoso desta segunda (14), Pia fez três mudanças em relação à equipe que venceu a Rússia na última sexta (11). A zagueira Bruna Benites atuou hoje (14) como lateral-direita, no lugar de Letícia Santos. A zagueira Erika, poupada na vitória sobre a Rússia, voltou a campo nesta tarde. No meio, Julia Bianchi entrou na vaga antes ocupada por Formiga, lesionada.

A partida foi muito equilibrada, sem chances claras de gol. Aos 19 minutos, a volante Andressinha ganhou uma dividida na entrada da área e arriscou. O chute forte passou por cima do gol canadense. Aos 29, Marta foi ao fundo e cruzou para a centroavante Bia Zaneratto. A jogadora do Palmeiras finalizou sob pressão da zaga adversária e mandou para fora. Aos 36, o Canadá chegou bem. Deanne Rose foi lançada em velocidade, dividiu com a goleira Bárbara e arriscou um chute sem sucesso. Aos 43, no lance mais perigoso do Canadá, Fleming arriscou de longe e Bárbara desviou com um tapinha.

Na etapa final, o jogo ficou um pouco mais aberto e surgiram as melhores oportunidades. Aos oito mimutos, o Canadá teve a chance com Quinn. Ela aproveitou o corte errado e obrigou a goleira brasileira a salvar. Aos 39, de novo o Canadá: Zadorsky cabeceou firme depois da cobrança do escanteio e mandou a bola na trave direita do gol brasileiro. Aos 43, o Brasil ainda teve tempo para responder. A meia Duda tocou para Júlia e recebeu de volta para bater forte de primeira. A bola passou raspando a trave direita do gol do Canadá.

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

Tóquio 2020
A seleção feminina estreia na Olimpíada no dia 21 de julho, em Miyagi (Japão). O segundo jogo será contra a Holanda, na mesma cidade, em 24 de julho. A equipe encerra a fase de grupos na cidade de Saitama (Japão), em 27 de julho, contra a Zâmbia.

Fonte: Agência Brasil/ Cláudia Soares Rodrigues (agenciabrasil.ebc.com.br)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.