NBA tem segundo jogo adiado por conta de Covid-19

NBA tem segundo jogo adiado por conta de Covid-19
Partida entre Miami Heat e Boston Celtics foi adiada
Foto: © Tommy Gilligan Esportes

A liga norte-americana de basquete (NBA) anunciou neste domingo que o jogo entre Miami Heat e Boston Celtics, previsto para acontecer neste domingo a partir das 21h de Brasília em Boston, foi adiado. O motivo para o adiamento é que um dos jogadores da equipe de Miami apresentou um resultado inconclusivo para o teste de Covid-19 e, a partir dos protocolos de saúde da liga, que determinam afastamento preventivo de outros atletas que tiveram contato com alguém infectado, a franquia não teria o mínimo de oito jogadores à disposição para poder realizar a partida.

AMIGO LEITOR

Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico.
Venha fazer parte desta família.
Colabore com a divulgação dos esportes.
Não deixe essa chama apagar.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro
Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

+ Presidente Delano Franco e vice Carlos Donzelli anunciam a diretoria normativa da Liga Nacional de Basquete para o ciclo 2021 – 2022

+ Armadora da Seleção, Débora Costa acerta com o Unicaja

Judô Tênis

Curiosamente, o adversário da noite também quase não teria a quantidade necessária de atletas aptos para atuar, por conta do mesmo protocolo. O Boston Celtics teria exatamente oito jogadores prontos para jogo, depois de sete serem afastados por precaução e outros dois por lesão. O astro da equipe, Jayson Tatum, deverá passar por quarentena de 10 dias a 14 dias antes de retornar às quadras, segundo informações do jornalista Shams Charania, do site The Athletic.

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

+ Rio, Goiânia, Brusque e Ponta Grossa recebem sedes do Brasileirão 2021

A liga vive um momento de aumento no número tanto de casos de Covid-19 entre atletas quanto de afastamentos de jogadores que tiveram contato com alguém infectado. No sábado (9), o ala-armador Bradley Beal, do Washington Wizards, não atuou diante do Miami Heat justamente por ter tido contato com Jayson Tatum. Segundo a imprensa americana, dois jogadores do Dallas Mavericks, um deles o ala-pivô alemão Maxi Kleber, testaram positivo para coronavírus e agora estão afastados do resto do elenco. Kleber atuou diante do Orlando Magic, também na noite do sábado.

+ Especialistas ouvidos pela FIBA apostam na classificação do Brasil para Tóquio

Na quinta-feira (7), durante o jogo entre Philadelphia 76ers e Brooklyn Nets, em Nova York, o ala-armador Seth Curry, do Philadelphia, que não estava atuando, teve resultado positivo no teste e já foi separado do resto do elenco. Por conta do rastreamento de quem teve contato com Curry, a equipe teve diversos desfalques para enfrentar o Denver Nuggets no sábado e teve que ativar um jogador lesionado para poder ter o mínimo de oito atletas e não ser declarada derrotada por W.O. O Philadelphia 76ers usou apenas sete jogadores, enquanto o adversário utilizou 15 atletas. Três jogadores da equipe atuaram por mais de 41 minutos.

+ CBB e Flamengo se reúnem por projetos em prol do basquete 3×3

O duelo entre Heat e Celtics é o segundo a ser adiado na recém-iniciada temporada 2020-21 da NBA, que começou no fim de dezembro. Logo no segundo dia, o confronto entre Houston Rockets e Oklahoma City Thunder também precisou ser remarcado depois que, em virtude dos protocolos de segurança, ficou determinado que a equipe de Houston também não teria o mínimo de atletas para poder atuar. A partida ainda não tem data para acontecer.

+ FIBA divulga grupos das Champions League 2021 com Flamengo, Franca e São Paulo

Segundo o jornalista Adrian Wojnarowski, da ESPN dos Estados Unidos, no momento, a liga ainda não tem planos de suspender a temporada por conta do aumento do número de casos.

+ Marcelinho Huertas participa de eleição de MVP da década na Espanha

+ MVP do Brasileirão receberá o Troféu Wlamir Marques

Publicado em 10/01/2021 – 20:50 Por Igor Santos – Repórter da Tv Brasil – Rio de Janeiro – Rio de Janeiro

Edição: Marcio Parente

Fonte: Agência Brasil (agenciabrasil.ebc.com.br)

Share