Judô

Julho com Medalhas Internacionais para os Cariocas

3513.V

O mês de julho de 2014 está sendo muito comemorado pelo Judô do Rio de Janeiro, pois as conquistas internacionais continuam.

No último final de semana, dias 12 e 13, Victor Penalber (81 kg - Judô Comunitário Instituto Reação), conquistou a medalha de ouro no Grand Slam de Tyumen, na Russia.

Penalber venceu OTT Marcel (Austria), KOKOVICH Ilya (Russia), VALOIS-FORTIER Antoine (Canada) e na final derrotou KHUBETSOV Alan (Russia).

“Valeu pela torcida!!!!! Medalha de ouro!!!!! Obrigado a todos que me apoiam. Minha família, CDE - Exército Brasileiro, Embratel, Furnas, CBJ, Ministério do Esporte, Instituto Reação, COB . Também agradeço aos amigos, sempre apoiando....sem isso, nada seria possível. Valeu!!!”, declarou Victor Penalber.

O nosso Judoca garantiu uma das 10 medalhas brasileiras do torneio, melhor atuação do Brasil em Grand Slam, na história.

Participaram também do Grand Slam de Tyumen as atletas Rafaela Silva (57 kg - Judô Comunitário Instituto Reação) e Barbara Timo (70 kg - Clube de Regatas do Flamengo). Ambas não conseguiram superar suas primeiras adversárias e ficaram fora das disputas por medalhas.

O próximo compromisso da Seleção Brasileira será o Campeonato Mundial que acontece em agosto.

No mesmo final de semana, dias 12 e 13, nossas atletas da base, entraram nos tatames em El Salvador para defender o Brasil no Campeonato Pan-americano sub 21 e ajudou o Brasil a faturar ao todo 17 medalhas, sendo 10 de ouro, quatro de prata e três de bronze.

Nossas medalhistas de ouro foram Jéssica Pereira (52 kg - Judô Comunitário Instituto Reação) e Danielle Oliveira (63 kg - Clube de Regatas do Flamengo).

O próximo compromisso das nossas judocas é o a última fase do Circuito Mundial sub 21 – última competição a somar pontos para o ranking nacional antes do Mundial - que será disputado de 23 de julho a 04 de agosto, em Praga e Berlim, além de um Treinamento de Campo, em Nymburk.

A classe sub 18 sagrou-se campeã do Campeonato Pan-americano no mesmo final de semana, em El Salvador. Todos os 16 representantes brasileiros subiram no pódio: foram 13 medalhas de ouro, uma de prata e duas de bronze.

A Atleta Carolina Pereira (57 kg – Judô Comunitário Instituto Reação) foi a nossa representante e conquistou mais um ouro.

Com esse resultado o Brasil mantém sua hegemonia em pan-americanos. No ano passado, a liderança do quadro de medalhas também foi do país verde e amarelo, que conquistou 13 ouros.

Ainda no inicio do mês de julho, aconteceu o Grand Prix de Ulaanbatar, na Mongólia, dias 5 e 6, que teve um nível técnico bastante alto. David Moura (+100 kg – Judô Comunitário Instituto Reação) foi o nosso representante, mas não conseguiu superar seu primeiro adversário, o chinês Jian Liu e ficou fora das disputas por medalhas.

O Judô Carioca e a Federação de Judô do Estado do Rio de Janeiro parabenizam todos os Atletas, seus Técnicos e suas Agremiações.

www.judorio.org
Assessoria de Imprensa/FJERJ

Mais...

Buscas

Todas as notícias