Tradutor/ Translate

Duplas do Brasil estreiam com saldo positivo na chave principal em Gstaad

Ana Patrícia sobe no bloqueio contra ataque finlandês
Foto: Getty Image/FIVB

A última etapa do Circuito Mundial de vôlei de praia antes do início dos Jogos Olímpicos de Tóquio começou bem para as duplas brasileiras. Nesta quarta-feira (07.07) foram seis vitórias em sete jogos envolvendo representantes do Brasil no torneio de Gstaad, na Suíça. Destaque para o naipe feminino com aproveitamento de 100% na primeira rodada da fase de grupos, e a classificação direta de Evandro/Bruno Schmdit (RJ/DF) para as oitavas de final.

AMIGO LEITOR
Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico. Não deixe essa chama apagar. Neste momento de dificuldade, toda contribuição financeira é bem-vinda.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro - Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

De volta ao Circuito Mundial depois de três etapas, Ana Patrícia e Rebecca (MG/CE) entraram em quadra pelo grupo F, e venceram as finlandesas Lehtonen e Ahtiainen por 2 sets a 0 (21/16 e 21/14). O bom desempenho na estreia deixou Ana Patrícia confiante, mas ciente de que não terá jogo fácil pela frente.

“Estrear com uma vitória é sempre muito bom. Foi uma vitória relativamente tranquila, mas muito pelo fato de termos conseguido entrar bem concentradas, sabendo o que a gente deveria fazer. Não existe jogo fácil no Circuito Mundial, e teremos pela frente agora uma dupla muito boa, da Alemanha, experiente, da Ludwig, atual campeã olímpica. Esperamos fazer outro bom jogo para vencer e avançar direto para a fase eliminatória”, contou Ana Patrícia.

Na disputa pelo primeiro lugar do grupo F, Ana Patrícia e Rebecca enfrentarão Ludwig/Kozuch (ALE), nesta quinta-feira (08.07), às 9h (hora de Brasília).

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

Pelo grupo B Ágatha e Duda (PR/SE) passaram por Placette/Richard (FRA) por 2 sets a 0 (21/11 e 21/14). Na próxima rodada elas terão pela frente as canadenses Brandie e Bansley, às 7h. Depois de disputarem o qualifying, Bárbara Seixas e Carol Solberg (RJ) estrearam na chave principal com vitória sobre a dupla austríaca Schützenhöfer/Plesiutchnig por 2 sets a 0 (21/17 e 21/18), pelo grupo D. O próximo compromisso das cariocas será contra Sponcil/Claes (EUA), às 6h.

Talita e Maria Elisa (AL/RJ) precisaram de três sets para superarem Emily Day e Sara Hughes, dos Estados Unidos (23/25, 21/16 e 22/20). Elas agora medirão forças com Borger/Sude, da Alemanha, pela primeira posição do grupo C, às 7h.

Evandro e Bruno Schmidt buscam ritmo no masculino

De fora das últimas três etapas do Circuito Mundial, Evandro e Bruno Schmidt retornam à disputa em Gstaad, de olho em Tóquio, a dupla usa o evento na Suíça para acertar os últimos detalhes. No primeiro dia, eles conseguiram duas vitórias e a primeira colocação do grupo C. Primeiro passaram pelos noruegueses Berntsen e Hendrik Mol por 2 sets a 1 (21/17, 17/21 e 15/12). Na rodada seguinte novo triunfo em três sets, desta vez sobre Bourne e Trevor Crabb, dos Estados Unidos (21/14, 19/21 e 15/12), o que garantiu vaga direta às oitavas de final do torneio.

O bloqueador Evandro celebrou o retorno às competições internacionais e destacou a importância das partidas desta quarta-feira para dar ritmo de jogo à dupla.

“Estou muito feliz em poder voltar a disputar o Circuito Mundial ao lado do Bruno. Hoje tivemos dois jogos intensos, e acho que a gente precisava passar por estas circunstâncias de jogo para ganharmos mais ‘casca’. Sabemos que o caminho é longo, o torneio está apenas começando. Fizemos dois bons jogos, com três sets, nos dá lastro para o nosso objetivo final que é a disputa olímpica. Passamos para as oitavas direto, mas ainda tem muita coisa para acontecer”, contou Evandro.

Outra dupla brasileira na chave masculina, Guto e Arthur Mariano (RJ/MS) sofreram o revés para Samoilovs e Smedins, da Letônia, na abertura do grupo E, por 2 sets a 0 (15/21 e 19/21). Eles voltarão à quadra às 4h (de Brasília) para enfrentar Dziadkou/Piatrushka, da Bielorússia. O vencedor do duelo segue na disputa.

Fonte: CBV (cbv.com.br)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.