Tradutor/ Translate

Seleção masculina enfrentará o Japão nas quartas de final dos Jogos Olímpicos de Tóquio

Brasil terá os donos da casa pela frente
Foto: Divulgação/FIVB

A seleção brasileira masculina de vôlei já conhece seu adversário das quartas de final dos Jogos Olímpicos. Em sorteio realizado neste domingo (01.08), em Tóquio, ficou definido, então, que o Japão será o adversário do Brasil na primeira partida eliminatória desta trajetória olímpica. A equipe dirigida pelo técnico Renan terá na madrugada da próxima terça-feira (03.08), à 1h, este primeiro duelo decisivo.

AMIGO LEITOR
Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico. Não deixe essa chama apagar. Neste momento de dificuldade, toda contribuição financeira é bem-vinda.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro - Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

+ É OURO!!! É OURO!!! É OURO!!! Rebeca Andrade ganha primeiro ouro da ginástica artística feminina nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Bruno Fratus conquista a Medalha de Bronze nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Luisa Stefani e Laura Pigossi conquistam o Bronze nos Jogos Olímpicos de Tóquio

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

O Brasil chega com quatro vitórias, sobre Tunísia, Argentina, Estados Unidos e França, e uma derrota, para o Comitê Olímpico da Rússia, na fase de grupos. Agora, segundo Renan, toda a atenção está voltada para os japoneses. E o comandante da seleção brasileira faz questão de destacar a qualidade dos adversários.

Evandro e Bruno Schmidt vencem e seguem invictos

Brasil vira sobre os Estados Unidos e vence por 3 a 1

Mayra Aguiar vence sul-coreana e conquista sua terceira medalha de bronze em Jogos Olímpicos

“O Japão é uma seleção extremamente técnica, que não dá ponto de graça para o time adversário porque quase não erra e de um volume de jogo muito grande. É uma partida onde precisamos ter bastante paciência porque dificilmente se derruba a bola logo no primeiro lance, além de, normalmente, ser um confronto mais longos”, disse Renan.

Rebeca Andrade conquista a primeira Medalha Olímpica da Ginástica Artística Feminina para o Brasil

Hugo Calderano joga bem, mas cai nas quartas de final do tênis de mesa

Keno Marley atropela chinês e está nas quartas de finais em Tóquio 2020

O técnico tem pouco tempo para deixar o time pronto para este duelo e, na madrugada desta segunda-feira (02.08) no Japão, já estava em função do adversário. “Temos que estar muito bem preparados porque quartas de final sempre é uma fase difícil, jogo único e em torno disso tem uma tensão muito grande. Vamos estudar muito e treinar em função da equipe japonesa”, afirmou Renan.

Leo de Deus atinge melhor marca pessoal, primeira final e termina em sexto nos Jogos Olímpicos

+ Portela e Macedo ainda podem buscar medalha com equipes no sábado

Luisa Stefani e Laura Pigossi fazem história em Tóquio-2020

O Japão chega para a fase decisiva do campeonato com a campanha de três vitórias, sobre Venezuela, Canadá e Irã, e perdeu dois jogos, para Itália e Polônia.

Ana Patrícia e Rebecca acabam superadas por dupla da Letônia

Resultado inédito para o tênis de mesa do Brasil conquistado por Hugo Calderano

Resultado inédito para o tênis de mesa do Brasil conquistado por Hugo Calderano

O Brasil busca sua quinta final olímpica consecutiva. Em Atenas-04, o Brasil foi ouro, em Pequim-08 e Londres-12, a seleção masculina ficou com a medalha de prata, e no Rio-2016, o grupo brasileiro subiu ao degrau mais alto do pódio.

Rayssa Leal conquista a medalha de prata e se torna a atleta mais jovem do Brasil a subir em um Pódio Olímpico

TABELA – SELEÇÃO MASCULINA

23.07 (SEXTA-FEIRA) – Brasil 3 x 0 Tunísia (25/22, 25/20 e 25/15)

26.07 (SEGUNDA-FEIRA) – Brasil 3 x 2 Argentina (19/25, 21/25, 25/16, 25/21 e 16/14)

28.07 (QUARTA-FEIRA) – Brasil 0 x 3 Comitê Olímpico da Rússia (22/25, 20/25 e 20/25)

29.07 (QUINTA-FEIRA) – Brasil 3 x 0 Estados Unidos (30/32, 25/23, 25/21 e 25/20)

31.07 (SÁBADO) – Brasil 3 x 2 França (25/22, 37/39, 25/17, 21/25 e 20/18)

Laura Pigossi e Luisa Stefani brilham e chegam às quartas de final dos Jogos Olímpicos de Tóquio

Abner Teixeira vence Cheavon Clarke, da Grã-Bretanha na sua estreia nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Quartas de final

03.08 (TERÇA-FEIRA) – Brasil x Japão, à 1h

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro

Fonte: CBV (cbv.com.br)

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.