Tradutor/ Translate

Seleção feminina vence Quênia no encerramento da fase classificatória

Brasil enfrentará o Comitê Olímpico Russo nas quartas de final dos Jogos de Tóquio
Foto: Divulgação/FIVB

A seleção brasileira feminina de vôlei terminou a fase de classificação dos Jogos de Tóquio invicta. Nesta segunda-feira (02.08), o Brasil venceu o Quênia por 3 sets a 0 (25/10, 25/16 e 25/8), na Ariake Arena, no Japão. Foi a quinta vitória da equipe comandada pelo treinador José Roberto Guimarães na competição.

AMIGO LEITOR
Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico. Não deixe essa chama apagar. Neste momento de dificuldade, toda contribuição financeira é bem-vinda.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro - Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

O Brasil terminou a fase classificatória em primeiro lugar no grupo A, com 14 pontos (cinco vitórias) e terá como adversário nas quartas de final, o Comitê Olímpico Russo, quarto colocado no grupo B, com nove pontos (três resultados positivos e dois negativos). O duelo entre brasileiras e russas vai acontecer às 9h30 desta quarta-feira (04.08).

Na partida contra o Quênia destaque para a central Carol, maior pontuadora do confronto, com 12 acertos. A ponteira Gabi também se destacou, com sete acertos. Ao final do duelo, Carol comentou sobre o jogo e destacou a postura das brasileiras contra as quenianas.

“Entramos no jogo muito determinadas e focadas no resultado. Jogamos no nosso melhor nível contra o Quênia. A vitória era fundamental e fizemos nosso trabalho. Agora zerou tudo, sabemos que o Comitê Olímpico Russo cresceu muito na competição. Vamos precisar forçar muito nosso saque e a partir de agora cada jogo é uma final”, disse Carol.

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

O treinador José Roberto Guimarães também comentou sobre a vitória contra o Quênia. “Mostramos o respeito que sempre tivemos pelo Quênia. Fizemos nosso melhor e isso foi muito importante, além de termos dado ritmo de jogo para todas as jogadoras”, afirmou José Roberto Guimarães, que também fez uma análise do adversário das quartas de final.

“Sabemos das qualidades da Rússia. A Goncharova melhorou da Liga das Nações para os Jogos de Tóquio, a Voronkova está fazendo uma Olimpíada na sua melhor forma. A Startseva (levantadora) está distribuindo muito bem o jogo. Ou seja, a Rússia tem feito boas partidas e viraram um jogo quase perdido contra a China. É um time que está muito perigoso e melhorou muito. Vamos precisar ter muita agressividade no saque e o nosso bloqueio vai precisar trabalhar muito bem. Será um jogo muito difícil e vamos precisar nos preparar muito bem”, analisou José Roberto Guimarães.

Na última edição dos Jogos, no Rio, em 2016, a seleção feminina ficou em quinto lugar. O Brasil tem dois ouros e dois bronzes no feminino nos Jogos Olímpicos.

Tabela Jogos de Tóquio:

SELEÇÃO FEMININA  

25.07 (DOMINGO) – Brasil 3 x 0 Coréia do Sul (25/10, 25/22 e 25/19)

28.07 (TERÇA-FEIRA) – Brasil 3 x 2 República Dominicana (22/25, 25/17, 25/13, 23/25 e 15/12)

29.07 (QUINTA-FEIRA) – Brasil 3 x 0 Japão (25/16, 25/18 e 26/24)

31.07 (SÁBADO) – Brasil 3 x 1 Sérvia (25/20, 25/16, 23/25 e 25/19) 

02.08 (SEGUNDA-FEIRA) – Brasil 3 x 0 Quênia (25/10, 25/16 e 25/8)  

Quartas  de final

04.08 (QUARTA-FEIRA) – Brasil x Rússia às 9h30 (Horário de Brasília) 

Fonte: CBV (cbv.com.br)

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.