Jogos Escolares

Guilherme Kumasaka, medalhista pan-americano, elogia o nível do badmin

2462.V

Alexandre Loureiro/Inovafoto/COB
Piauí conquista 80% das medalhas de ouro do Badminton nos Jogos Escolares da Juventude

Piauí conquista 80% das medalhas de ouro do Badminton nos Jogos Escolares da Juventude

Guilherme Kumasaka, medalhista pan-americano, elogia o nível do badminton nos Jogos Escolares

Terminou no fim da tarde deste domingo, dia 7, a disputa pelas medalhas do badminton nos Jogos Escolares da Juventude Londrina 2014. Nas cinco categorias disputadas, o estado do Piauí teve amplo domínio, colocando representantes em todas as finais, e garantindo quatro medalhas de ouro (Simples Feminino, Duplas Masculino, Duplas Feminino e Duplas Misto) e uma medalha de prata (Simples Masculino).

Guilherme Kumasaka, medalhista de bronze no badminton em duplas nos Jogos Pan-americanos Rio 2007 e um dos embaixadores dos Jogos Escolares da Juventude, acompanhou de perto toda a competição no ginásio do Centro Esportivo da UEL, e ficou muito esperançoso com a nova geração da modalidade no Brasil. “A final da categoria Simples Masculino me surpreendeu bastante. O jogo foi muito duro, muito bem disputado, e com alto nível técnico. Os dois atletas estão de parabéns, e com certeza conquistarão medalhas para o nosso país em competições importantes do calendário internacional”, disse Guilherme.

A final a que Kumasaka se referiu foi disputada entre Fabrício Farias, do Colégio Sinopse, do Piauí, e Jonathan Matias, aluno da E.M Sobral Pinto, do Rio de Janeiro. Em uma partida disputadíssima, cheia de jogadas emocionantes, que fizeram o público se empolgar e aplaudir vários lances, o carioca venceu, e com parciais de 19/21; 21/16 e 21/10 tirou o único ouro da delegação do Piauí.

Guilherme Kumasaka também falou sobre o atual cenário do badminton no país: “O que tem dado muito certo na modalidade nesses últimos anos, são os projetos sociais. Muitos atletas que competiram e se destacaram nesses Jogos surgiram justamente desses projetos. Em especial, a categoria feminina, que até dez anos atrás era muito pouco competitiva internacionalmente, evoluiu bastante. O badminton vem evoluindo muito, principalmente na base”, falou Guilherme.

O principal destaque da modalidade foi a atleta Jaqueline Lima, de 14 anos, aluna da E.M. Nossa Senhora da Paz, de Teresina. Ela foi campeã nas três categorias em que competiu, e levou para casa a tão sonhada “tríplice coroa. “Meu sonho é representar o Brasil nos Jogos Olímpicos no futuro”, disse a multicampeã Jaqueline, ouro no Simples e nas Duplas (Feminino), e nas Duplas Mistas.

Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil, correalizados pelo Ministério do Esporte e Organizações Globo, com apoio da Prefeitura de Londrina e patrocínio máster da Coca-Cola.

Dupla Mista:

- Ouro: Fabrício Farias e Jaqueline Lima (PI)
- Prata: Messias Silva e Tamires Santos (SP)
- Bronze: Vinicius Paula e Bruna Chandoha (PR) / Rafael Faria e Thainara Vasconcellos ((PR)

Dupla Feminina:

- Ouro: Jaqueline Lima e Sânia Lima (PI)
- Prata: Tamires Santos e Vitória Brunetti (SP)
- Bronze: Gleicimar Santos e Maria Santos (RJ) / Cinthia Souza e Lucyelle Silva (MA).

Dupla masculina:

- Ouro: Fabrício Farias e Gabriel Souza (PI)
- Prata: Rafael Faria e Vinicius Paula (SP)
- Bronze: André Melo e Brunno Lima (PB) / Fabricio Oliveira e Thierike Santos (MA)

Simples Feminina:

- Ouro: Jaqueline Lima (PI)
- Prata: Tamires Santos (SP)
- Bronze: Maria Santos (RJ) / Sânia Lima (PI)

Simples masculina:

- Ouro: Jonathan Matias (RJ)
- Prata: Fabrício Farias (PI)
- Bronze: Thierike Santos (MA) / Vinicius Paula (PR)

jogosescolares.cob.org.br
COB

Mais...

Buscas

Todas as notícias