Tradutor/ Translate

CBJ divulga os critérios de convocação da Seleção Brasileira de Judô para o ciclo Paris 2024

Entenda o processo de formação da seleção principal e os critérios de convocação para as diferentes etapas do Circuito Mundial IJF

CBJ divulga os critérios de convocação da Seleção Brasileira de Judô para o ciclo Paris 2024
Foto: CBJ/Divulgação

AMIGO LEITOR
Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico. Não deixe essa chama apagar. Neste momento de dificuldade, toda contribuição financeira é bem-vinda.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro - Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

A gestão de Alto Rendimento da Confederação Brasileira de Judô estabeleceu novos critérios de convocação para a Seleção Brasileira Principal para o ciclo Paris 2024. As novas regras foram apresentadas aos treinadores e atletas que participaram da Seletiva Nacional – Projeto Paris 2024, em dezembro de 2021, que formou a nova seleção para 2022. Como forma de dar transparência aos processos de formação das equipes nacionais, o documento foi enviado por e-mail a todas as Federações filiadas à CBJ e está disponível para consulta também no site da entidade. Clique aqui.  

Judô Tênis

+ Treinamento de Campo Nacional de Veteranos de Judô, acontecerá em Pindamonhangaba (SP)

Comissão técnica do Judô Paralímpico convoca 25 atletas para o Primeiro Campo de Treinamento

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

Além dos critérios de convocação para cada etapa, como Grand Slam, Grand Prix, Continental e Mundial, o documento esclarece quais parâmetros serão considerados pela Comissão Técnica da seleção na avaliação de desempenho dos atletas. 

Brasil realizará o Grand Prix de judô em SP e o Mundial será no Azerbaijão

Confederação Brasileira de Judô lança manual de formação de atletas

Ranking Adaptado é a novidade para este ciclo 

Uma das principais mudanças no processo para Paris será a adoção do que a gerência de Alto Rendimento definiu como “ranking adaptado”. Esse ranking levará em consideração apenas os pontos conquistados nos eventos internacionais após os Jogos Olímpicos 2020 (sem contar os pontos dos Jogos) até o Campeonato Mundial 2022. O principal objetivo desse novo formato será definir a equipe que representará o Brasil no Campeonato Pan-Americano e no Campeonato Mundial em 2022.  

Visando Paris 2024, Daniel Cargnin muda de categoria

Federação Internacional de Judô anuncia mudanças na regra de competição para o Ciclo Olímpico Paris 2024

Para o Mundial de 2022, será convocado o melhor atleta de cada categoria no ranking adaptado e as dobras serão preenchidas pelos dois atletas que tenham mais pontos também no ranking adaptado. O mesmo critério valerá para o Pan-Americano 2022. Contudo, os pontos desse Pan não serão considerados para a definição da equipe desse Mundial.  

Apenas os medalhistas olímpicos de Tóquio 2020, Mayra Aguiar e Daniel Cargnin, têm vagas garantidas, tanto no Mundial, quanto no Pan.

Judô Paralímpico terá mudanças de regras em 2022 

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]


Política de dispensa de convocação 

Outra modernização adotada para esse ciclo é a regulamentação dos pedidos de dispensa de convocação com a adoção de uma política estabelecendo prazos, direitos e deveres, tanto da CBJ, quanto dos atletas convocados.  

É importante ressaltar que, diante do cenário de pandemia que vivemos, e após um ciclo olímpico de 5 anos, enfrentaremos mais um ciclo atípico de apenas 3 anos. Com isso o trabalho será redobrado, baseado em decisões mais assertivas e na otimização dos recursos, com mudanças essenciais para que busquemos a melhor performance da nossa Seleção em Paris 2024 

ACESSE OS CRITÉRIOS DE CONVOCAÇÃO DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE JUDÔ – PARIS 2024

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

Fonte: CBJ (cbj.com.br)

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.