Tradutor/ Translate

A Seleção Brasileira de Marcha Atlética disputa o Sul-Americano em Lima, no Peru

A delegação embarcou na manhã desta sexta-feira para a capital peruana, onde participa da competição no domingo. A equipe seguiu com 27 atletas (13 no feminino e 14 no feminino), com esperança de conseguir bons resultados

A Seleção Brasileira de Marcha Atlética disputa o Sul-Americano em Lima, no Peru
Lucas Mazzo disputa Sul-Americano em Lima
Foto: Wagner Carmo/CBAt

AMIGO LEITOR
Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico. Não deixe essa chama apagar. Neste momento de dificuldade, toda contribuição financeira é bem-vinda.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro - Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

A Seleção Brasileira de Marcha Atlética já está em Lima, no Peru, onde disputará no domingo (6/2) o Campeonato Sul-Americano da modalidade. O Brasil terá uma equipe forte, formada por 27 atletas (13 no feminino e 14 no masculino). As provas serão disputadas a partir das 8 horas de Brasília, num circuito de 1 km, próximo ao que foi utilizado nos Jogos Pan-Americanos de 2019.

Judô Tênis

+ A Confederação Brasileira de Atletismo anunciou a  delegação brasileira para o Sul-Americano de Marcha Atlética

CBAt convoca atletas para o Sul-Americano de Marcha Atlética que será disputada em Lima, no Peru

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

O paraense Lucas Mazzo (CASO-DF) é uma das atrações da equipe que disputará a prova dos 20 km. Aos 27 anos, o atleta treinado por João Sena, em Sobradinho, conquistou a medalha de prata na Copa Brasil Loterias Caixa, no dia 9 de janeiro, em Bragança Paulista (SP).

“Tenho 10 anos de carreira e estou muito feliz por ter me classificado para o Sul-Americano na Copa Brasil e por ter índice para o Mundial de Omã, em março. Estou morando na casa dos meus treinadores, João Sena e Gianetti Bonfim, em Sobradinho (DF), treinando com o Caio Bonfim, uma referência, e com outros atletas do CASO”, disse o atleta pouco antes da viagem para a capital peruana.

Veja a lista dos atletas qualificados para o Mundial de Marcha Atlética por Equipes

CASO qualifica atletas para o Sul-Americano e leva título da Copa Brasil

O que chama a atenção na carreira de Lucas, além dos bons resultados e de ter representado o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2021, é fato de o marchador ter visão monocular e de usar prótese no olho direito. Mazzo sofreu um grave acidente em um jogo de paintball, aos 15 anos, que o fez perder a visão. Isso antes de se iniciar no esporte. Em Sapporo, no Japão, onde a marcha olímpica foi disputada, ele competiu com uma prótese de vidro com a bandeira do Brasil.

Caio Bonfim é campeão dos 35 km e bate o recorde brasileiro

Copa Brasil de Marcha Atlética define Seleção Brasileira que disputará o Sul-Americano

“Em 2009, levei um tiro de paintball no olho direito e perdi totalmente a visão. Passei por três cirurgias, reconstrução do globo ocular, da pálpebra e também do arco zigomático, que ficou praticamente destruído”, lembrou. “O esporte me deu a oportunidade de conhecer vários países, culturas e pessoas diferentes.”

Para Diogo Gamboa, treinador-chefe da equipe masculina, Lucas é um dos destaques do grupo. “A equipe brasileira é bem forte, com destaque para o Caio Bonfim, Matheus Gabriel Correa e Lucas Mazzo, que representaram o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio”, disse o treinador. “É a minha primeira vez nesta função e estou feliz com a confiança que a CBAt me passou.”

Matheus Correa busca na Copa Brasil de Marcha Atlética uma vaga para o Sul-Americano de Lima

Primeira Competição oficial da CBAt em 2022, será domingo, 9 de janeiro, no Bragança Garden Shopping, em Bragança Paulista (SP)

Já Cisiane Dutra Lopes, treinadora-chefe do grupo feminino, a união de jovens e experientes será importante em Lima. “Temos uma equipe forte, apesar de ser mista formada por atletas novos, que estão chegando, e bem experientes. Acredito que vamos trazer bons resultados, mesmo com os novatos, que estão vindo com muita garra”, observou a atleta olímpica no Rio-2016.

Em termos individuais, o grande nome na delegação é o brasiliense Caio Bonfim, ganhador da medalha de bronze nos 20 km no Mundial de Londres-2017. De acordo com a sua mãe e treinadora Gianetti Bonfim, Caio está pronto para fazer uma grande competição. “Ele está bem, na sua melhor forma física, treinou muito, não teve descanso. Está bem focado e bem preparado e a expectativa é a melhor. Sabemos que a marcha atlética na América do Sul é muito forte, principalmente a masculina. Os melhores de cada país estão entre os melhores do mundo, mas ele também está entre eles, pelo Brasil, e isso é que é o importante. Espero que seja uma prova bonita de se ver”, comentou.

“Meu objetivo é disputar os 20 Km e os 35 km no Mundial do Oregon, em julho, nos Estados Unidos, porque o programa horário da competição permite. Com isso, estou ajustando meu calendário para as duas provas”, lembrou Caio, que bateu o recorde nacional dos 35 km na Copa Brasil Loterias Caixa de Marcha Atlética, disputada no dia 9 de janeiro, em Bragança Paulista (SP), e vai disputar os 20 km em Lima.

A delegação brasileira chegou em Lima nesta quinta-feira (4/12) – viajou às 6:50, pelo voo LA 2383, da Latam, saindo do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo.

Wlamir Motta Campos, presidente do Conselho de Administração da CBAt, será o chefe da delegação em Lima, com o apoio do delegado da CBAt Fernando dos Reis. Os treinadores-chefes da delegação serão Diogo Dias Gamboa (SC) e Cisiane Dutra Lopes (PE). A Comissão Técnica terá ainda os treinadores Gianetti Oliveira de Sena Bonfim (DF), Euzinete Maria Reis Pires (MG), João Evangelista de Sena Bonfim (DF), Luís Paulo Ferreira Porto (RJ), Ivo da Silva (SC) e George André Cordeiro (PR).

A delegação contará ainda com a médica Denise Carpigiani Ribeiro (SP), o fisioterapeuta Ricardo Zacharias de Souza (SP) e a massoterapeuta Daniella Bassanese (SP).

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

Os atletas:

Feminino

35 km – adulto

Elianay Santana da Silva Pereira Barbosa (CASO-DF)

Viviane Santana Lyra (AEVF-RJ)

Mayara Luize Vicentainer (Timbó-SC)

Nair da Rosa (AABLU-SC)

20 km – adulto

Laryssa Fernanda Frois (Curitiba-PR)

Bruna Batista de Oliveira (AABLU-SC)

Ana Luísa Rodrigues Oliveira (CASO-DF)

10 km – sub-20

Gabriela Santos de Almeida (CASO-DF)

Gabrielly Cristina dos Santos (FECAM/ASSERCAM-PR)

Karlana Malaghini Pavinato (Balneário Camboriú-SC)

5 km – sub-18

Gabrielly Pereira Neves (CASO-DF)

Josefa Raiane da Silva Costa (AERO-RN)

Maria Luiza Rabelo Jaime (Curitiba-PR)

Masculino

35 km – adulto

Diego Pereira Lima (CASO-DF)

Rudney Dias Nogueira (UCA-SC)

20 km – adulto

Caio Bonfim (CASO-DF)

Matheus Gabriel Correa (AABLU-SC)

Lucas Mazzo (CASO-DF)

Paulo Henrique Ribeiro (AABLU-SC)

10 km – sub-20

Heron Rodrigues Miranda (Balneário Camboriú-SC)

Isaac Rodrigues de Andrade (CASO-DF)

João Victor Magalhães (CASO-DF)

Edson Erico Aguiar (Atletas com Futuro-PE)

10 km – sub-18

Emanuel Pereira de Sena (CASO-DF)

Klaubert Emanoel Ferreira de Franca (CASO-DF)

Kauã Lucas Gasparin (PM Colombo-PR)

Santiago David Gonzalez Urbina (CASO-DF)

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

A NewOn é patrocinadora do atletismo brasileiro para a saúde integral dos atletas e apoio às competições.

As Loterias Caixa são a patrocinadora máster do atletismo brasileiro.

Fonte: CBAt (cbat.org.br)

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.