Tradutor/ Translate

Associação Brasileira de Golfe Feminino busca fortalecer o Esporte no Brasil

Foto: Divulgação

Artigo escrito por Stella Basile, presidente da ABGF, sócia do São Fernando Golfe Clube.

AMIGO LEITOR
Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico. Não deixe essa chama apagar. Neste momento de dificuldade, toda contribuição financeira é bem-vinda.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro - Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

Uma associação de golfe criada por mulheres para mulheres com objetivo de incentivar e promover o golfe com aulas, clínicas, viagens, torneios e eventos sociais e principalmente dar apoio às golfistas interessadas em fortalecer o golfe no Brasil, pois sabemos que a atração e manutenção de praticantes é essencial para que o golfe cresça.

Judô Tênis

+ Guilherme Costa e Paulo Leite vencem o 10º Aberto de Duplas da FPCG de Golfe

Como ser o “caddie”​ do meu filho me ensinou sobre liderança

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

A adoração pelo esporte e o desejo de trabalhar com golfe, nos incentivou a fundar a Associação Brasileira de Golfe Feminino (ABGF), juntamente com Gabriela (conselheira fiscal) e Daniela Arantes (diretora), empresárias, preparadoras físicas oficiais da CBGolfe, da Academia Tiro certo Golfe que faz treinamentos e preparação física para golfistas com objetivo de fortalecer o esporte no Brasil. A data oficial da criação da ABGF é dia 19 de janeiro de 2022.

Criada neste início do ano a Associação Brasileira de Golfe Feminino
Stella Basile, ao centro, com Gabriela e Daniela Arantes

SAVE THE DATE: No dia 8 de março, Dia Internacional na Mulher, a associação terá seu torneio inaugural de forma virtual com participação de jogadoras do país inteiro, marcando o lançamento oficial da Associação Brasileira de Golfe Feminino (ABGF) . O torneio virtual possibilita que as jogadoras joguem em seus próprios clubes. O torneio seguirá todas as regras do golfe sempre com uma marcadora presente e os cartões serão entregues aos starters de cada clube e enviados para uma central onde será feita a apuração geral e as vencedoras serão anunciadas na redes sociais. Uma forma de nos conectarmos e competirmos de maneira remota.

Felipe Navarro e Rodrigo Lee vencem o Torneio de Duplas no Paraná disputado no Royal Golf Residence

O profissional Alexandre Rocha disputa o Panama Championship, Torneio no Club de Golf Panama, de 3 a 6 de fevereiro

No plano da associação de desenvolvimento do golfe feminino estão a realização de torneios, viagens, clínicas, aulas, encontros, dicas de golfe, apoio às golfistas iniciantes, preparação física específicas para golfistas, fisioterapia específica para golfistas e dicas de coach mental.

A participação feminina não é tão representativa como a masculina. Mas isso pode ser mudado, pois a própria historia diz que haviam jogadoras de golfe em campos de golfe desde 1552, quando Mary Queen of Scots jogou. Mary foi uma pioneira, introduzindo o conceito de caddies, comissionando o St. Andrews Links (Escócia) e levando o esporte para a França.

Paul O’Doherty vence o 15º Torneio ABGS de Golfe Sênior do Guarujá Golf Club

Professores do U.S. Kids fazem palestra grátis para pais de golfistas, venha fazer sua inscrição

A associação entende que a participação feminina possa fortalecer o esporte em um espaço onde as mulheres possam ter mais voz ativa e atrair novas praticantes. Afinal o objetivo é que o esporte seja cada vez mais divulgado e praticado no Brasil.

As Associadas terão vários benefícios como aulas virtuais semanais de preparação física e alongamento específicos para golfistas e descontos nos torneios, eventos e viagens realizados pela ABGF e green fees em campos parceiros.

O brasileiro Fred Biondi foi vice-campeão do Latin America Amateur Championship (LAAC)

Contamos com o apoio e participação de todas as golfistas do Brasil para o fortalecimento da Associação Brasileira de Golfe Feminino (ABGF).

No site da ABGF as mulheres podem se associar, no período de implantação da ABGF não será cobrada taxa de adesão. e também se inscrever para o torneio do dia 8 de março. www.abgf.esp.brSiga a ABGF nas redes sociais: @abgf.esp.br

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

“2022 já começa com muita agitação no golfe feminino. Além da retomada dos já consagrados circuitos femininos nas federações, Best Golf na Paranaense e Catarinense, Circuito Feminino na Rio-grandense, Taça Baton no Terras de São José, em Itu (SP), foi criada por iniciativa da golfista Stella Basile de São Paulo, a Associação Brasileira de Golfe Feminino visando uma maior interatividade de todas as golfistas de nosso país, com a realização de torneios, palestras, preparação física, entre outras atividades. A CBGolfe dá as boas-vindas e deseja sucesso à ABGF”, disse Rossana Renata Marini, Vice-presidente da Confederação Brasileira de Golfe (CBGolfe).

“Viva ao nascimento da Associação Brasileira de Golfe Feminino! Que felicidade é poder celebrar este marco histórico do golfe Brasileiro. Mulheres apaixonadas por esse esporte maravilhoso se unindo para fomentar mais e mais a difusão do golfe entre nós, meninas e mulheres.

Não tenho dúvida que quando a liderança do golfe em uma família vem da mulher, a tendência de criar novas gerações de golfistas aumenta. Quando a mulher joga golfe em sua família, a família naturalmente separa mais tempo para o esporte e assim atividade deixa de ser individual e vira coletiva.

Cresci no mundo do golfe no Brasil, observei as famílias que tinham a participação ativa da mãe, dando um espaço especial para a família, desfrutar uma atividade em conjunto no final de semana, aproveitando um a presença do outro, durante a caminhada no campo. Fora as mães, temos as mulheres que aproveitam seu tempo livre no golfe, criando seus laços de amizade e participando de competições neste esporte, que nos ensina tanto sobre nós mesmas e que nos faz almejar a nos tornarmos nossa melhor versão.

Não tenho dúvida que a ABGF irá impulsionar e fortalecer a liderança feminina no esporte, abrindo mais portas e aumentando o acesso as atuais golfistas e às gerações futuras no esporte que tanto amamos. Mais uma vez, viva a ABGF!”, declarou Victoria Lovelady, golfista profissional.

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

Fonte: CBGolfe (cbg.com.br)

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.