Tradutor/ Translate

Beatriz Souza e Rafael Silva conquistam medalhas de prata no Grand Slam de Tel Aviv

Beatriz Souza e Rafael Silva conquistam medalhas de prata no Grand Slam de Tel Aviv
Foto: CBJ/Divulgação

Pesados foram ao pódio neste sábado, 19, em Israel, garantindo as duas medalhas do judô brasileiro na competição

AMIGO LEITOR
Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico. Não deixe essa chama apagar. Neste momento de dificuldade, toda contribuição financeira é bem-vinda.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro - Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

O judô brasileiro encerrou sua participação no Grand Slam de Tel Aviv, em Israel, neste sábado, 19, com uma dobradinha de prata com os pesos pesados Rafael Silva “Baby” (+100kg) e Beatriz Souza (+78kg). Os dois judocas venceram todas as suas lutas nas fases preliminares e caíram apenas nas finais. Bia foi imobilizada por Romane Dicko, da França, enquanto Baby levou três punições na luta contra Guram Tushishvili, da Geórgia.

Judô Tênis

+ Seleção Brasileira de Judô disputa Grand Slam de Tel Aviv a partir desta quinta-feira, veja ao vivo

Judocas Veteranos do Brasil participaram do Primeiro Treinamento de Campo Nacional

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

O Tricampeão Olímpico e 10 vezes Campeão Mundial Teddy Riner virá ao Brasil para intercâmbio técnico com a Seleção Brasileira de Judô

Com o 5º lugar de Rafaela Silva e os três sétimos de Thayane Lemos (57kg), Vinícius Panini (81kg) e Camila Yamakawa (+78kg), o Brasil terminou em 10º lugar no quadro geral de medalhas, que teve como líder a França. Em março, os franceses virão ao Brasil para um período de treinos com a seleção brasileira, em Pindamonhangaba.

PRIMEIRA COMPETIÇÃO PÓS-TÓQUIO

Aos 34 anos, Rafael Silva segue sendo o melhor peso pesado do Brasil na atualidade e um dos melhores do mundo. Ele chegou ao Grand Slam de Tel Aviv como o número dois do ranking mundial IJF e como cabeça-de-chave número um do torneio. Confirmou o favoritismo, vencendo suas duas primeiras lutas nas preliminares. Primeiro, bateu o jovem alemão Losseni Kone, por waza-ari, e depois superou o cubano Andy Granda nas punições.

Flamengo e Grêmio Náutico União lideram classificação final na Seletiva Sub-21 realizado no Sesi Osasco, em São Paulo

Instituto Reação fica em primeiro lugar na classificação final da Seletiva Sub-18 no masculino e no feminino

Na semifinal, Baby encarou o georgiano Onise Bughadze, que também foi vencido pelo brasileiro nas punições. A final foi um reencontro com Guram Tushishvili, atual vice-campeão olímpico, que venceu os cinco combates que já teve com Rafael. Novamente, o o Georgiano levou a melhor nas punições e ficou com o ouro.

“Eu estou bastante feliz de voltar a competir internacionalmente. Foi minha primeira competição internacional depois da Olimpíada e consegui chegar numa final junto com o vice-campeão olímpico. Feliz de fazer uma luta com um cara que eu lutei lá em Tóquio e conseguir lutar um pouco melhor. Estou buscando essa evolução pensando no Mundial. Agradeço a torcida de todo mundo”, comentou Baby, que enfrentou Tushishvili nas quartas-de-final dos Jogos de Tóquio no ano passado.

Seletiva Sub-18 definiu os classificados para os Jogos Sul-Americanos da Juventude e Meeting Nacional de Judô

Bahia receberá Campeonato Pan-Americano de Veteranos e Kata, Campeonato Sul-Americano de Veteranos e Open Pan-Americano de Veteranos

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

NO CAMINHO CERTO

Bia, por outro lado, é uma das principais revelações do judô brasileiro no último ciclo olímpico e, aos 24 anos, já se firmou também entre as melhores do mundo. Chegou à Tel Aviv com número dois do ranking mundial e precisou de duas lutas para avançar à decisão.

Na estreia, bateu a cazaque Nazgul Maratova com waza-ari e imobilização até o ippon. Na semifinal, encarou a anfitriã Raz Hershko, que aproveitou a motivação por lutar em casa para acelerar os ataques e impor dois shidos à Bia. A brasileira soube manter a concentração e encaixou o golpe perfeito para vencer a luta e silenciar o ginásio.

Maria Portela conquista a medalha de bronze no Grand Prix de Portugal

É OURO!!! É OURO!!! É OURO!!! Rafaela Silva conquista o ouro no Grand Prix de Almada, em Portugal

Na final, Bia enfrentou a francesa Romane Dicko, número um do mundo e medalhista de bronze em Tóquio. No histórico do confronto, Dicko tinha vantagem de duas vitórias contra uma de Bia e conseguiu ampliar, batendo a brasileira com uma imobilização até o ippon.

“Estou muito feliz com meu desempenho aqui. Mostra que estou evoluindo a cada treino. Essa medalha representa que estou no caminho certo. Que venham muito mais medalhas e que venham medalhas de ouro também”, avaliou Beatriz ao final de sua participação em Israel.

Outros quatro brasileiros lutaram neste sábado, mas não avançaram às disputas por medalhas. Camila Yamakawa estreou com vitória, mas caiu nas quartas e na repescagem, terminando em sétimo lugar. Marcelo Gomes (90kg), William Souza Jr (100kg) e João Cesarino (+100kg) pararam em suas primeiras lutas.

O judô brasileiro voltará ao Circuito Mundial no dia 25 de março para a disputa do Grand Slam de Tbilisi, na Geórgia. De 08 a 28, a seleção se reunirá para treinamento de campo com a participação de outros países, como França, Bélgica, Argentina e Chile, em Pindamonhangaba, São Paulo.

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

Fonte: CBJ (cbj.com.br)

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.