Jogos Indígenas

Jogos dos Povos Indígenas reservam novidades para 2015

35.V

Divulgação/Portal do Professor-MEC
Para o mundial indígena são esperadas etnias de 30 países e a participação de cerca de dois mil atletas guerreiros

Para o mundial indígena são esperadas etnias de 30 países e a participação de cerca de dois mil atletas guerreiros

Grandes eventos

Para o mundial indígena são esperadas etnias de 30 países e a participação de cerca de dois mil atletas guerreiros

Programados para acontecer em Palmas (TO), durante o mês de setembro de 2015, em função do calendário do Povo Maia, da Guatemala, a primeira edição dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas reserva uma série de novidades para os próximos meses.

Duas delas, apontadas pelo articulador dos Direitos Indígenas junto à Organização das Nações Unidas (ONU), Marcos Terena, dizem respeito à execução de um trabalho de aproximação com as universidades indígenas dos Estados Unidos e de estreitamento de laços com o presidente Evo Morales, da Bolívia.

“Precisamos nos aproximar de Evo Morales para apresentar a grandiosidade do que será o Mundial Indígena, que é o único presidente indígena no mundo, e também trocar experiências com instituições americanas indígenas de ensino superior para a formatação da experiência em nosso País”, justifica Marcos Terena.

As deliberações ocorreram mediante articulação intercontinental, realizada pelo Comitê Intertribal Memória e Ciência Indígena (ITC), a partir de encontro em outubro deste ano, na sede da ONU, em Nova Iorque. O encontro estabeleceu uma série de demandas, tendo como bandeira o mundial indígena.

Segundo Terena, a participação de 100 comunicadores indígenas de vários países para cobertura do evento em Palmas (TO) também está entre as demandas a serem efetivadas.

Em reunião realizada em Brasília (DF), com a Comissão Nacional dos Povos Indígenas (CNPI), as deliberações foram apresentadas. “A CNPI é um colegiado que reúne representantes de vários ministérios e indígenas de todo o País”, explicou Terena.

Para o mundial indígena são esperadas etnias de 30 países e a participação de cerca de dois mil atletas guerreiros.

Entre as instalações a serem implantadas na aldeia do mundial indígena estão alojamento das etnias brasileiras, Oca Digital e dos Saberes, praça de alimentação com comidas típicas, refeitório, museu do índio e feira de artesanato. Instalações esportivas, como campo de beisebol, raia olímpica e arena.

www.brasil.gov.br
Ministério do Esporte

Mais...

Buscas

Todas as notícias