Tradutor/ Translate

Professor Ivo da Silva, uma vida dedicada à Marcha Atlética

Professor Ivo da Silva, uma vida dedicada à Marcha Atlética
Ivo da Silva, com Matheus Correa, há 49 anos atuando na marcha atlética
Foto: Wagner Carmo/CBAt

Aos 70 anos, o professor catarinense completa 49 anos como treinador e torce para que o Brasil vá bem no Mundial por Equipes, em Mascate, Omã, a partir desta sexta-feira. Entre os integrantes da seleção está Matheus Gabriel Correa, seu atleta há 10 anos

AMIGO LEITOR
Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico. Não deixe essa chama apagar. Neste momento de dificuldade, toda contribuição financeira é bem-vinda.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro - Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

O professor Ivo da Silva, da AABLU-SC, é uma referência na marcha atlética brasileira, que se preparara para disputar na sexta-feira (4/3) e sábado (5/3) o Campeonato Mundial por Equipes na cidade de Mascate, em Omã. Ele completa agora em março 49 anos como treinador de atletismo, sendo 39 anos dedicados à marcha, numa carreira de muito sucesso e repleta de realizações.

Judô Tênis

+ O paulista Paulo Roberto de Almeida Paula de 42 anos, obtém índice para a Maratona do Mundial de Oregon

Thiago Braz conquista Medalha de Prata no Meeting Hauts-de-France Pas-de-Calais, em Lievin, na França

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

Um dos ‘filhos’ da vez é Matheus Gabriel de Liz Correa, de 22 anos, nascido em Blumenau, e que há 10 anos treina com Ivo. O catarinense ganhou este ano os 20 km da Copa Brasil Loterias Caixa de Marcha Atlética, em Bragança Paulista, com 1:24:00. No ano passado, obteve o recorde pessoal nos 20.000 m, com 1:20:49.13, com o qual assegurou índice para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

“Ele é muito educado, estudioso e empenhado nos treinos. Já é formado em Educação Física. Tem um potencial muito maior do que todos os outros que já orientei. Se vai fazer sucesso, só o tempo dirá”, disse Ivo, que desde os anos 80, quando o preconceito era grande com a marcha, sempre treinou com os seus atletas. “Agora, graças aos resultados e a divulgação da imprensa, o pessoal marcha treina em qualquer lugar, sem nenhum problema. Mas continuo marchando. Não chego mais à frente deles, mas eu chego. É isso que importa.”

+ CBAt convoca atletas para o Mundial de Marcha Atlética por Equipes na cidade de Mascate, em Omã

Brasileiros tentam índice para o Mundial do Oregon na Maratona de Sevilha, na Espanha

Nascido em Lajes, em Santa Catarina, no dia 20 de janeiro de 1952, ele orientou vários destaques da especialidade como Sergio Galdino, Jonathan Riekmann e Moacir Zimmermann, todos atletas olímpicos. Atualmente, lapida o jovem Matheus, que disputará os 20 km em Mascate. Campeão brasileiro da prova e dos 20.000 m no Sul-Americano Sub-23, em Guayaquil, no Equador, Matheus disputou os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2021 e, a cada ano, se firma como um dos grandes marchadores do País.

Sergio Galdino, hoje treinador e vice-presidente da Federação Catarinense de Atletismo, participou de três edições de Jogos Olímpicos (Barceloma-1992, Atlanta-1996 e Atenas-2004) e obteve a brilhante sexta colocação no Mundial de Stuttgart, na Alemanha, em 1993. Suas façanhas só foram superadas por Caio Bonfim, que esteve em Londres-2012, Rio-2016 e Tóquio-2021, ganhador da medalha de bronze no Mundial de Londres-2017. Caio é recordista brasileiro dos 20.000 m (1:20:13.68), dos 20 km (1:18:47), dos 35 km (2:33:57) e dos 50 km (3:47:02).

Rafael Henrique Pereira iguala novamente o recorde sul-americano dos 60 m com barreiras

Rafael Pereira ganha Prata no Meeting Indoor de Mondeville e iguala recorde Sul-Americano Indoor dos 60 m com Barreiras

“Tenho muita alegria em ter trabalhado com atletas talentosos e, de certa maneira, ter ajudado no desenvolvimento deles”, comentou Ivo, formado em 1974 na Escola de Educação Física e Desportos do Paraná, em Curitiba, com pós-graduação em Gestão para a Qualidade na Administração Esportiva e mestrado em Atividade Física Relacionada à Saúde – os dois cursos feitos na Universidade do Estado de Santa Catarina, em Florianópolis.

Depois de morar de 1963 a 1968, no Paraná, mudou para Blumenau, onde construiu uma carreira destacada. É pai de quatro filhos e de muitos outros, atletas em seu convívio diário.

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

A NewOn é patrocinadora do atletismo brasileiro para a saúde integral dos atletas e apoio às competições.

As Loterias Caixa são a patrocinadora máster do atletismo brasileiro.

Fonte: CBAt (cbat.org.br)

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.