Tradutor/ Translate

Eleito o melhor jogador do Circuito Brasileiro 2021, Renato vai em busca da medalha inédita

Eleito o melhor jogador do Circuito Brasileiro 2021, Renato busca medalha inédita
Renato e Vitor Felipe disputam etapa do Sul-Americano no Peru
Foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV

Na temporada 2021 do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia, Renato faturou nada menos que quatro prêmios individuais. Venceu três das cinco etapas ao lado de Vítor Felipe e foi eleito pelos próprios companheiros como o Melhor Jogador do ano. Com apenas 22 anos, também foi apontado como Revelação e Jogador Que Mais Evoluiu. Além de talento, sobra carisma e não teve para ninguém na votação popular de Craque da Galera. Para fechar uma temporada cheia de sucesso, ainda veio a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos Júnior, em dezembro, na Colômbia, ao lado do irmão, Rafael. A partir desta sexta-feira, Renato vai em busca de uma medalha inédita para a coleção de conquistas. Com Vítor Felipe, ele representa o Brasil na quinta etapa da temporada do Circuito Sul-Americano, em Mollendo, no Peru. Elize Maia e Thâmela disputam o torneio feminino.

AMIGO LEITOR
Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico. Não deixe essa chama apagar. Neste momento de dificuldade, toda contribuição financeira é bem-vinda.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro - Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

+ CBV define critérios de apoio a duplas brasileiras no Circuito Mundial de Vôlei de Praia

Judô Tênis

Nesta sexta o Sesi Vôlei Bauru recebe Itambé/Minas

“É uma medalha que eu ainda não tenho, uma conquista inédita. Eu e Vitor estamos treinando muito bem. O primeiro lugar é sempre nosso objetivo, e queremos trazer mais esse título para o Brasil”, diz Renato, que tem um quarto e um nono lugares em etapas do Sul-Americano, jogando ao lado de Rafael.

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

No Circuito Sul-Americano, as duplas somam pontos para o país, e o Brasil lidera o ranking nos dois gêneros, com quatro ouros e dois bronzes em quatro etapas disputadas. Bronze na primeira etapa da temporada, disputada ainda em 2021, no Chile, Elize Maia e Thâmela vão atrás de mais um pódio.

Federação Internacional de Vôlei tira Mundial masculino da Rússia

Hélia de Souza, a “Fofão” será homenageada no II Congresso Olímpico Brasileiro

“Joguei com várias parceiras e em quase todos os países da América do Sul. Tenho um grande carinho por esse torneio, pois foi nele que conquistei meus primeiros pódios e títulos. Representar o Brasil no Sul-Americano é uma grande honra e responsabilidade. Sinto orgulho de fazer parte dessa história e quero fazer meu melhor para manter a hegemonia do Brasil”, afirmou Elize.

Além do terceiro lugar de Elize e Thâmela, a primeira etapa da temporada teve ouro de George e André Stein. Na segunda, mais um ouro para o Brasil, com Adrielson/Arthur Mariano, em San Juan (ARG). Em Montevidéu (URU), na terceira etapa, foi a vez de Ângela e Neide conquistarem o primeiro lugar. Tainá/Victoria ganharam o título na quarta etapa, em Viña del Mar, no Chile, com Bruno Schmidt/Saymon levando o bronze.

Seleções Brasileiras conhecem adversários na Liga das Nações de Vôlei 2022

Técnico da Seleção sub-19 Kadylac dirige Cafevasconcelos/Araguari/Ubevôlei na Superliga B

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

A sexta etapa está prevista para Cochabamba, na Bolívia, entre os dias 11 a 13. O torneio final, que reúne os melhores países da temporada, está marcado para Uberlândia (MG), de 13 a 15 de maio.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro

Fonte: CBV (cbv.com.br)

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.