Rio 2016

Rafael Nadal aposta no sucesso dos Jogos Rio 2016 e entra no ritmo

1598.V

Getty Images/Buda Mendes
Tenista espanhol está animado para sua quarta competição no Brasil

Tenista espanhol está animado para sua quarta competição no Brasil

Rafael Nadal aposta no sucesso dos Jogos Rio 2016 e entra no ritmo do carnaval carioca

Número 3 do ranking mundial, tenista espanhol chega à cidade em busca do bicampeonato no Rio Open 2015

Rafael Nadal está em ritmo de carnaval e de Jogos Olímpicos. Na cidade para a segunda edição do Rio Open, o tenista número 3 do ranking mundial declarou nesta sexta-feira (13) que está confiante na realização dos Jogos Rio 2016. Para o espanhol, que conquistou o ouro em Pequim 2008 e já manifestou sua vontade de competir nas quadras do Centro Olímpico de Tênis, será uma experiência inesquecível.

“Estou seguro que os Jogos Olímpicos no Brasil serão um sucesso. Assim como o país realizou um evento tão complexo como a Copa do Mundo, pode fazer os Jogos Olímpicos no mesmo nível. São dois dos maiores eventos esportivos no mundo. Além do mais, a energia do Brasil e do Rio é especial. Para qualquer esportista que competir aqui nos Jogos vai ser uma experiência inesquecível”, afirmou o Touro Miúra, em entrevista coletiva, no Jockey Club Brasileiro, na Gávea, sede do Rio Open.

Enquanto os Jogos Rio 2016 não chegam, Nadal se prepara para outra experiência inesquecível: desfilar pela primeira vez na Marquês de Sapucaí.

“Mesmo longe, escutamos que o carnaval é um dos momentos mais especiais do mundo. Será um prazer único desfilar aqui. Creio que vai ser divertido, para ficar na memória", brincou o espanhol, que vai desfilar na escola de samba Unidos do Viradouro, ao lado do conterrâneo David Ferrer, que também disputa o Rio Open 2015, e do anfitrião Gustavo Kuerten.

Pelo Twitter, Nadal comemorou a chegada ao Rio: "Treinando com vista para o Cristo Redentor!" (Foto: Reprodução Twitter)

Esta é a quarta passagem de Rafael Nadal pelo Brasil, que até agora ganhou todos os torneios dos quais participou - Brasil Open 2005 e 2013 e Rio Open 2014. Para o espanhol, um dos aspectos mais favoráveis é que “se sente em casa” quando compete em países latinos.

“Para nós jogadores que falamos espanhol, idiomas latinos, nos sentimos em casa. E a América Latina entende e sente paixão por esporte. O apoio dos torcedores é algo especial. Só tenho a agradecer aos torcedores brasileiros. Em 2005, me ajudaram muito na Costa do Sauípe. Assim como em São Paulo em 2013 e ano passado aqui no Rio, quando vinha de um momento difícil. É fantástico. Espero vir ainda por muitos anos”, afirmou.

Segundo Nadal, a realização de grandes eventos também contribui para o desenvolvimento do esporte no país.
“O Brasil nos últimos anos teve um crescimento importante. Quando se tem grandes eventos acontecendo no país, o interesse pelo esporte é maior, o país inteiro se envolve”, comentou.

Valendo 500 pontos para o ranking da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), o Rio Open acontece do dia 15 a 23 de fevereiro, no Jockey. Além de Nadal, o torneio conta com outros quatro Tops 20 do ranking mundial: os também espanhóis David Ferrer (9º) e Tommy Robredo (17º).

www.rio2016.org
Rio 2016

Mais...

Buscas

Todas as notícias