Rio 2016

Copa do Mundo no México vale dez vagas para competição de tiro

2304.V

Getty Images/Jamie Squire
Medalhista de bronze em Pequim 2008, Corey Cogdell-Urein tentará garantir uma vaga para os Estados Unidos

Medalhista de bronze em Pequim 2008, Corey Cogdell-Urein tentará garantir uma vaga para os Estados Unidos

Copa do Mundo no México vale dez vagas para competição de tiro esportivo dos Jogos Rio 2016

Classificados sairão das provas de tiro ao prato - fossa Olímpica, fossa double e skeet – e serão conhecidos até o dia 09 de março

A Copa do Mundo de Espingarda, que começou na segunda-feira (02), em Acapulco, no México, coloca em jogo dez vagas para a competição de tiro esportivo dos Jogos Rio 2016. Até agora, 75 das 390 vagas do esporte já tiveram seus destinos definidos - 64 durante o Campeonato Mundial e 11 no Campeonato de Tiro das Américas, no ano passado.

Os classificados serão conhecidos até o dia 09 de março, quando termina o torneio, que terá provas de tiro ao prato - fossa Olímpica, fossa double e skeet – em que o objetivo dos competidores é acertar o maior número possível de pratos lançados ao ar, em uma área aberta.

No masculino, os dois países mais bem classificados nas três provas garantirão vaga para os Jogos Rio 2016, enquanto no feminino duas vagas estarão em jogo na fossa Olímpica e no skeet. Os países poderão ter até dois representantes em cada prova nos Jogos Olímpicos.

Na fossa Olímpica masculina, as duas vagas serão disputadas por 87 atiradores de 40 países. No feminino, a competição acontece entre 47 atletas de 23 países. A norte-americana Corey Cogdell-Unrein, medalhista de bronze nos Jogos Pequim 2008, está determinada a carimbar o passaporte dos Estados Unidos.

“Estou muito empolgada para competir com os melhores do mundo e lutar pelas tão desejadas vagas Olímpicas. Sei que a pressão será grande, mas estou ansiosa para testar minha capacidade mental e avaliar minha evolução após um ano sem competir internacionalmente”, disse Corey.

Espanhol Jesús Serrano quer chegar à sua terceira participação Olímpica consecutiva nos Jogos Rio 2016 (Foto: Getty Images/Lars Baron)

No masculino, o espanhol Jesús Serrano, que disputou os Jogos Pequim 2008 e Londres 2012, quando chegou à fase final, é um dos mais cotados a brigar pelas vagas.

“Estou tentando coisas novas para buscar a classificação para Jogos Olímpicos do Rio, que é onde quero chegar”, afirmou Serrano.

Na fossa double, disputada apenas pelos homens, 47 atiradores de 22 países vão brigar pela classificação. No skeet, 87 atletas de 36 países (masculino) e 36 atletas de 22 países (feminino) vão participar da disputa.

Além da Copa do Mundo de Espingarda de Acapulco, outras 13 competições classificatórias de tiro esportivo serão realizadas neste ano, colocando em disputa 260 vagas Olímpicas. Das vagas restantes, 12 serão definidas em 2016, nove são destinadas ao Brasil, país-sede dos Jogos, e 24 serão distribuídas por meio de convites.

A classificação para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos é um processo contínuo e as inscrições finais só serão confirmadas em julho de 2016 (para os Jogos Olímpicos) e agosto de 2016 (para os Jogos Paralímpicos). As inscrições são recomendadas pelas federações nacionais ou organizações esportivas de cada país a seus respectivos Comitês Olímpicos Nacionais ou Comitês Paralímpicos Nacionais, que decidem pelas inscrições finais.

www.rio2016.org
Rio 2016

Mais...

Buscas

Todas as notícias