Tradutor/ Translate

CIAGA recebe treinamento da Marinha do Brasil em parceria com a FJERJ

Treinamento da Marinha do Brasil em parceria com a FJERJ reúne mais de 450 atletas no CIAGA

CIAGA recebe treinamento da Marinha do Brasil em parceria com a FJERJ
Foto: FJERJ

AMIGO LEITOR
Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico. Não deixe essa chama apagar. Neste momento de dificuldade, toda contribuição financeira é bem-vinda.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro - Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

Ação, que contou com a participação de judocas olímpicos, visou a preparação dos atletas-militares e, também, os do Time Judô Rio, principalmente para o Brasileiro Sênior e Sub-18

Judô Tênis

Uma união de esforços que tem tudo para crescer e frutificar. Foi realizado no último sábado, 04 de junho, o Treinamento de Campo (TC) da Marinha do Brasil, em parceria com a Federação de Judô do Estado do Rio de Janeiro (FJERJ), no Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (CIAGA). A ação, preparatória para as próximas competições tanto dos atletas-militares, quanto dos integrantes do Time Judô Rio, reuniu mais de 450 judocas, incluindo judocas olímpicos como Victor Penalber, titular da categoria 81kg na Rio 2016, e Daniela Polzin, representante do Brasil na 48kg em Atenas 2004. Ambos fizeram questão de destacar a importância da TC para a evolução técnica dos atletas.

“Quero parabenizar a iniciativa. Um treino muito bom, de alto nível. Tivemos a oportunidade de juntar os atletas mais fortes do Rio de Janeiro, em diferentes períodos, do passado, do presente e do futuro, no mesmo tatame. Trocando energia. O judô pode ser individual na hora que entra na área de competição, mas é coletivo no treino. Quando temos um grupo com esse nível, não tenho dúvidas de que vai colaborar muito com a evolução do judô do nosso Estado. Fiquei muito feliz em ter participado desse treino”, disse Victor.

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

CIAGA recebe treinamento da Marinha do Brasil em parceria com a FJERJ

“Eu vejo como extremamente importante, principalmente para o desenvolvimento das novas gerações, esse contato com atletas que já trilharam o caminho que eles estão buscando, de ser um atleta olímpico e brigar pelas medalhas nas principais competições mundiais. Dividir o tatame com o seu ídolo é muito inspirador. São pessoas que já passaram pelo processo e podem ajudar a motivar os mais jovens”, disse Dani.

+ Com mais uma prata, Brasileiras fazem bonito no Grand Slam de Judô na Geórgia

Além deles, entre os mais de 450 judocas inscritos na atividade, estavam grandes nomes como Luiz Virgílio e Oswaldo Simões, que disputaram os Jogos Olímpicos Moscou 1980, Rosicleia Campos, atleta em Barcelona 1992 e Atlanta 1996 e treinadora nas últimas quatro Olimpíadas, e Marcel Aragão, que disputou Sidney 2000. As seleções estaduais para o Brasileiro Sênior, que será disputado de 10 a 12 de junho, e para o Brasileiro Sub 18, de 24 a 26 deste mês, também participaram obrigatoriamente da ação.

“Quando eu treinava, olhava para o Flávio Canto, para o Sebastian Pereira, para a Patrícia Bevilacqua, para a Carla Mello, que sempre muito fã pela parte técnica, e me motiva. Hoje é a nossa vez. Mas também reaviva a chama do judô dentro dos atletas que já não estão no dia a dia da modalidade, como é o meu caso e do Marcel. Nos sentimos retribuindo todo o ensinamento, todas as oportunidades que tivemos pelo esporte e praticamos, de verdade, o jita-kyoei”, completou Polzin.

“Essa ação da Marinha, que contou com a nossa parceria para a realização, foi muito importante para nós. Pudemos reunir a delegação para o Brasileiro Sênior para passar as informações e, também, fizemos uma preleção dos atletas olímpicos, com o objetivo de inspirar os integrantes do Time Judô Rio em busca das vagas olímpicas. O Brasileiro é uma ponte para isso”, analisou Jucinei Costa, presidente da FJERJ.

+ Rafaela Batista é ouro na Copa Europeia Júnior de Graz

Foram inscritos para o treino do Sub 13, 80 atletas; 94 para o Sub 15; 96 para o Sub 18; 41 para o Sub 21; 108 para o Sênior; e 46 para o Veteranos, perfazendo um total de 465 atletas na ação, um número impressionante e que testou, com sucesso, a estrutura montada no CIAGA.

“Além disso, reunimos também o Sub 18, que já terá o Brasileiro da classe no final do mês, sempre na intenção de despertar esse sentimento de equipe nos atletas. Fizemos também treinamentos das outras classes para fortalecer os intercâmbios, dar a oportunidade de um treino forte e, consequentemente, auxiliar na evolução técnica de todos”, completou Jucinei.

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

Fonte: FJERJ

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.