Tradutor/ Translate

Nicholas Santos brilha de novo e conquista a prata nos 50m borboleta

Dia também foi histórico para a Natação feminina do Brasil

Foto: Divulgação/FINA

AMIGO LEITOR
Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico. Não deixe essa chama apagar. Neste momento de dificuldade, toda contribuição financeira é bem-vinda.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro - Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

Nicholas Santos é vice-campeão Mundial nos 50m borboleta pela terceira vez. Aos 42 anos, o brasileiro aumenta sua coleção de medalhas de Campeonatos Mundiais além do recorde de atleta mais velho a conquistar uma medalha nesta competição. A enorme conquista veio neste domingo (19), na Duna Arena, em Budapeste, na Hungria.

Judô Tênis

A mesma Duna Arena já tinha visto Nicholas Santos brilhar. Em 2017, na mesma prova, só que aos 37 anos, Nicholas também conquistou a prata. Cinco anos depois, o brasileiro mostrou por que é uma lenda da Natação e voltou ao pódio com a marca de 22s78.

Esta é a quarta medalha de Nicholas Santos em Campeonatos Mundiais em piscina de 50m. Além das duas conquistadas na Duna Arena, ele também possui uma prata conquistada em Kazan 2015 e um bronze em Gwangju 2019. Todas nos 50m borboleta.

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

Nicholas Santos brilha de novo e conquista a prata nos 50m borboleta
Foto: Luiza Moraes

FAZENDO HISTÓRIA 

Beatriz Dizotti e Viviane Jungblut estão na final dos 1500m livre feminino. Com duas belas atuações, as nadadoras brasileiras garantiram seus lugares na disputa final da prova que será nesta segunda-feira, a partir das 13h (de Brasília. Beatriz, inclusive, com 16m08s35, quebrou o recorde brasileiro da prova que era de Viviane. Esta é a primeira vez que o Brasil tem duas mulheres em uma final de Campeonato Mundial de Longa.

Nos 200m livre, Fernando Scheffer nadou mais uma vez na casa do 1m46s. Na semifinal, esteve entre os primeiros colocados durante todo o percurso. No final de prova, porém, acabou alcançado por seus rivais e terminou na 9ª colocação geral da prova.  

+ Brasil estreia com o Bronze de Guilherme Costa no Campeonato Mundial de Budapeste

Resultados de hoje 

50m borboleta

Nicholas Santos – 22s78 – prata 

1500m livre 

Beatriz Dizotti – 16m08s35 

Viviane Jungblut – 16m09s27  

100m costas 

Guilherme Basseto – 54s26 – 17º  

100m peito 

Jhennifer Conceição – 1m07s40 – 17º  

200m livre 

Fernando Scheffer – 1m46s11 – 9º 

Breno Correia – 1m49s79 – 22º 

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

Nado Artístico 

O Brasil está na final da Equipe Técnica, no Nado Artístico. A seleção formada por Vitória Casale, Jullia Catharino, Rafaela Garcia, Luiza Lopes, Laura Micucci, Celina Rangel, Gabriela Regly e Anna Giulia Veloso garantiu a 12ª colocação nas eliminatórias e vai disputar a final. O Brasil não chegava a uma final de Mundial na Equipe Técnica desde Kazan 2015. 

Nesta segunda-feira, o Brasil terá mais duas finais: combo livre e dueto misto técnico.  

Fonte: CBDA

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.