Tradutor/ Translate

Lauren Grinberg e Thomas Choi vencem o Aberto do Ipê

Lauren Grinberg e Thomas Choi vencem o Aberto do Ipê
Thomas Choi e Lauren Grinberg
Foto: Thaís Pastor/F2

Thomas Choi, do São Paulo GC, hoje jogando na NCAA, circuito universitário dos EUA, foi o campeão da competição masculina scratch do Honda Open – 21º Torneio Aberto do Ipê Golf Club de Ribeirão Preto, válida para o Ranking Mundial Amador de Golfe (WAGR), encerrada neste domingo, 26 de junho, após 54 buracos. Lauren Grinberg, do Lago Azul, foi a campeã na categoria feminina, jogada em 36 buracos, que assim com as demais categorias valeu para os rankings da Federação Paulista de Golfe (FPGolfe).

AMIGO LEITOR
Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico. Não deixe essa chama apagar. Neste momento de dificuldade, toda contribuição financeira é bem-vinda.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro - Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

“Não era o final que eu gostaria, mas foi uma vitória muito importante pois eu joguei muito bem e venci num campo difícil como esse do Ipê”, diz Choi, que não conquistava um torneio do WAGR havia um ano. A vantagem de Choi no tee do buraco final  era de três tacadas, o que lhe permitiu ainda fazer um bogey no 18, onde errou o green, para ser campeão com 219 (72-73-74) tacadas, três acima do par.

Judô Tênis

Guilerme Grinberg, do Lago Azul e da Florida Atlantic University, foi o vice-campeão com 221 (74-73-74) tacadas, cinco acima. Pedro Marchioni, do São Paulo e do Columbia College, o líder do primeiro dia, fechou o torneio com duplo bogey no 17 e bogey no 18, para terminar em terceiro, com 224 (71-80-73), cravando o melhor resultado do domingo.

+ Fred Biondi disputa classificatória final para o The Open, na Escócia

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

Alexandre Rocha disputa o Live and Work in Maine Open, etapa do Korn Ferry Tour (KFT) de Golfe

Handicaps – Marcos Park , do Paradise, foi o campeão na classificação por handicaps índex até 8,5, com 219 (69-73-77) tacadas, três acima, seguido de perto por Alessandro Melle, do Campinas Golf Center, vice com 220 (75-74-71). O troféu de terceiro lugar ficou para Marchioni, com 224 (71-80-73), mesmo total de Hélio Meirelles, do São Fernando (71-78-75), que ficou fora do pódio nos critérios de desempate.

Na 8,6 a 14, o campeão de ponta a ponta foi Jonathas Silva, do Campinas GC, com 142 (69-73) tacadas. O pódio foi completado por jogadores do Ipê: Mateus Cosac foi o vice, com 146 (77-69), enquanto Fábio Rosa terminava em terceiro, com 147 (76-71), mesmo resultado de Ricardo César, do Arujá (69-78), que ficou sem troféu. Na 14,1 a 19,4, Marcelo Fonseca, de São José, venceu de ponta a ponta com 144 (66-78) tacadas, apenas uma à frente de Valdemir Prado, do Ipê, vice com 145 (73-72). Marcelo Rezende, também do Ipê, ficou em terceiro, com 146 (75-71).

Na 19,5 a 25,7 só deu Ipê no pódio. Sérgio Castro venceu com 146 (72-74), deixando três jogadores empatados em segundo, com 149: Ricardo Pagano (75-74), que foi o vice-campeão; João Guilherme Montans (75-74), que joga golfe há menos de um ano e fez aniversário neste domingo; e Guilherme Feitosa (71-78), que ficou sem troféu. Na categoria de 25,8 a 32 o pódio, só do Ipê, teve Moacir Tonani, campeão com 149 (73-76), seguido por José Antônio Galvão, com 156 (77-79) e Luiz Joaquim Antunes, com 163 (81-82) .

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

Feminino – Lauren Grinberg, do Lago Azul, irmã de Guilherme, de que foi caddie nos nove buracos finais, venceu de ponta a ponta, com 160 (77-83) tacadas, seguida por Maria Aparecida da Silveira, de Bauru, vice com 175 (85-90). Na categoria com até 16 de handicap índex, o pódio foi do Ipê. Venceu Mônica Fontes, com 151 (70-81), tendo como vice Nívea Martins, com 155 (75-80).

E, finalmente, na 16,1 a 25,7, a campeã foi Rosa Pelicioni, do Ipê, com 146 (73-73), seguia por Li Lian Mizikami, do Clube de Golfe de Campinas, com 155 (78-77); e por Leila Scorsolini, do Ipê, com 173 (81-92).

Atsushi Fujimoto, presidente da Honda para a América do Sul e Brasil, compôs a mesa de entrega de prêmios ao lado de Ademir Mazon, presidente da FPGolfe, Umberto Carvalho, presidente do Ipê GC; e de seus capitães Renato Nogueira Filho e Cecília Azevedo. O Honda Open – 21º Torneio Aberto do Ipê Golf Club de Ribeirão Preto teve patrocínio master da Honda e apoios do Engenho Dom Tápparo e Cachaças Cabaré.

Fonte: CBGolge

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.