Tradutor/ Translate

Seleção Brasileira de judô paralímpico faz primeiro treino antes do Grand Prix

Técnico explica importância de não exagerar nas atividades: “O mais importante agora é tirar a ansiedade pré-competição”

Seleção Brasileira de judô paralímpico faz primeiro treino antes do Grand Prix
Tenório agarra Wilians pelo braço esquerdo durante treino da Seleção. Os dois judocas lutarão pela mesma categoria no CT Paralímpico.
Foto: CBDV/Divulgação

AMIGO LEITOR
Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico. Não deixe essa chama apagar. Neste momento de dificuldade, toda contribuição financeira é bem-vinda.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro - Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

A Seleção Brasileira de judô paralímpico realizou na manhã desta quarta-feira (29) seu primeiro treinamento antes da estreia no IBSA Grand Prix de São Paulo, evento que reunirá competidores de 21 países no Centro de Treinamento Paralímpico, sábado e domingo, na capital paulista. Nem todos os 23 convocados participaram, já que alguns estavam passando pela classificação oftalmológica obrigatória. A atividade aconteceu em um hotel na Zona Sul da cidade no qual as delegações estão concentradas. 

Judô Tênis

Os atletas fizeram uma leve corrida pelo tatame antes de iniciar movimentos de pegada e de entradas de golpes. Segundo o técnico Alexandre Garcia, o aspecto emocional do treino é essencial. “O mais importante nesse momento é tirar essa ansiedade pré-competição e tentar colocar em prática o que eles vêm treinando. Já sabem da maioria dos adversários, então, tentamos simular um pouco do que pode acontecer na competição”, explica.

+ Rosicleide  Andrade buscará seu terceiro pódio em 2022, no Grand Prix de Judô

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

Lúcia Araújo busca medalha e retorno à liderança do ranking no IBSA Grand Prix de Judô

Ao longo da movimentação, ele e os demais auxiliares da comissão técnica interrompiam os judocas, que treinavam em duplas, para fazer pequenos ajustes de posicionamento. “O que tínhamos de treinar já treinamos. Agora é ficar mais focado, concentrado, visualizar bastante os adversários, estudá-los. Não adianta fazer um treino tão forte agora e, de repente, alguém sofrer uma lesão.”

Garcia está ajoelhado com o corpo sobre a atleta Brenda Freitas, que está deitada de bruços no tatame,
apoiando o cotovelo direito nas costas dela

Foto: CBDV/Divulgação

Campeonato Brasileiro Sub-18 esquentou a briga por vaga no Mundial da Bósnia

Centro de Treinamento Paralímpico sedia Grand Prix de judô

O Brasil entra na competição como favorito após terminar as duas primeiras etapas do Grand Prix da IBSA deste ano, na Turquia e no Cazaquistão, na primeira colocação geral. Foram 20 medalhas conquistadas, sendo 11 ouros, quatro pratas e cinco bronzes.
 

Sobre o Grand Prix


A terceira etapa do circuito da IBSA reunirá nove dos 16 atuais líderes do ranking mundial do judô paralímpico na capital paulista. O CT Paralímpico fica localizado na Rodovia dos Imigrantes, na altura do km 11,5. A competição é aberta ao público e terá transmissão ao vivo tanto no YouTube da CBDV (link AQUI) quanto no da IBSA (link AQUI).  

CIAGA recebe treinamento da Marinha do Brasil em parceria com a FJERJ

Com mais uma prata, Brasileiras fazem bonito no Grand Slam de Judô na Geórgia
Confira a programação do evento (horários sujeitos a alterações):


Dia 1/7 (sexta-feira)

19:30 – sorteio do chaveamento

Dia 2/7 (sábado)

10:00 às 12:00 – preliminares (48 kg, 57 kg, 60 kg e 73 kg)
15:00 às 17:00 – finais (48 kg, 57 kg, 60 kg e 73 kg)
17:30 – Cerimônia de Premiações

Dia 3/7 (domingo)

10:00 às 12:00 – preliminares (-70 kg, +70 kg, -90 kg, +90 kg)
15:00 às 17:00 – finais (-70 kg, +70 kg, -90 kg, +90 kg)
17:30 – Cerimônia de Premiações

Patrocínio

A Loterias Caixa é a patrocinadora oficial do judô paralímpico brasileiro.

Apoio

A CBJ (Confederação Brasileira de Judô) e a FP Judô (Federação Paulista de Judô) são parceiras da CBDV na organização do evento.

Fonte: CBDV

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.