Natação

Troféu Maria Lenk de natação define atletas aptos a disputar Toronto

1317.V

Satiro Sodré/SS Press/CBDA
Matheus Santana foi o destaque do último dia com o ouro nos 100m livre

Matheus Santana foi o destaque do último dia com o ouro nos 100m livre

Troféu Maria Lenk de natação define atletas aptos a disputar Toronto 2015 e Mundial de Kazan

Encerrado no sábado, o Campeonato Brasileiro Absoluto – Troféu Maria Lenk de Natação 2015, disputado na piscina do Fluminense, no Rio de Janeiro, definiu os atletas aptos a disputar os Jogos Pan-americanos Toronto 2015 e o Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de Kazan, em julho e agosto, respectivamente, e o Mundial Júnior de Cingapura, em setembro. Considerando o limite de dois atletas por prova, o Brasil tem 21 nadadores com índices individuais para o Mundial da Rússia, em 20 provas. Com o mesmo critério, para a competição de juniores, o país estará em 16 provas, com 13 nadadores.

A Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) somente anunciará oficialmente as seleções para as três competições após analisar a melhor formação para cada uma delas.

No último dia do Troféu Maria Lenk, o destaque foi a prova dos 100m livre masculino, que valia vaga na equipe do revezamento 4x100m livre nas competições internacionais. A revelação Matheus Santana venceu a prova e fez índice para o Mundial de Kazan, com 48s78. A prata ficou com Cesar Cielo (48s97) e o bronze com João de Lucca (49s15).

Contando os tempos do Torneio Open, em dezembro do ano passado, e do Troféu Maria Lenk deste ano, a melhor formação do 4x100m livre é Bruno Fratus (48s57), Cesar Cielo (48s58), Matheus Santana (48s78) e Marcelo Chierighini (49s06). O quinto na lista dos 100m livre é João de Lucca, com 49s15.

"Estou muito feliz com o revezamento. Estou ficando mais confiante. Pressão é uma coisa que todo o atleta tem que saber lidar. Agora é treinar, reunir a equipe e se unir para conseguir um lugar no pódio. O Mundial é a principal competição deste ano e vai ser uma prévia para os Jogos Olímpicos. A prova de hoje (sábado) foi muito especial, tinha muita gente que eu via nadar na televisão, mas mais especial foi ver toda a minha família na arquibancada", disse Matheus.

As finais do último dia também promoveram mudanças no revezamento 4x100m livre feminino para as principais competições. Daynara de Paula, com a prata nos 100m livre do último dia do Troféu Maria Lenk conseguiu a última vaga. Ao fazer 55s34, ela ficou um centésimo mais baixo que o temo de Daiane Becker no Open 2014. Os três melhores tempos são de Larissa Oliveira (54s61), Graciele Herrmann (54s76) e Etiene Medeiros (54s99).

Confira os atletas com índice para o Mundial de Kazan:

50m livre F – Etiene Medeiros – 24s74 / Graciele Herrmann – 24s87 / Lorrane Ferreira – 25s20

50m livre M – Bruno Fratus – 21s41 / Cesar Cielo - 21s60 / Nicholas Santos – 22s15 / Walter Pereira Lessa – 22s17 / Alan Vitória – 22s23 / Ítalo Duarte - 22s25

100m livre M – Bruno Fratus – 48s57 / Cesar Cielo – 48s58 / Matheus Santana - 48s78

200m livre M – Nicolas Oliveira - 1m47s45

200m livre F – Larissa Oliveira - 1m58s53 / Manuella Lyrio - 1m58s74

400m livre M – Leonardo de Deus – 3m49s62

1500m livre M – Brandonn Almeida - 15m12s20

50m Peito M – Felipe França – 27s04

100m peito M – Felipe Lima – 59s78 / Felipe França – 59s84

200m peito M – Thiago Simon – 2m10s58 / Thiago Pereira - 2m11s54

50m Borboleta M – Nicholas Santos – 22s90 / Cesar Cielo – 22s91

100m borboleta F – Daynara de Paula – 58s36 / Daiene Dias – 58s49 / Etiene Medeiros - 58s52

100m borboleta M – Thiago Pereira – 52s27 / Artur Mendes - 52s33

200m borboleta M – Leonardo de Deus – 1m55s19

50m costas F – Etiene Medeiros – 27s37

100m Costas M – Guilherme Guido – 53s73

200m medley F – Joanna Maranhão – 2m12s78

200m medley M – Thiago Pereira – 1m57s23 / Henrique Rodrigues – 1m59s28

400m medley M – Thiago Pereira – 4m13s94 / Brandonn Almeida - 4m15s82

400m medley F – Joanna Maranhão – 4m40s57

timebrasil.cob.org.br
COB

Mais...

Buscas

Todas as notícias