Tradutor/ Translate

Rafaela Silva é Prata no Grand Slam de Budapeste

Após grande campanha com quatro vitórias, a campeã olímpica parou na japonesa Haruka Funakubo

Pódio da categoria -57kg
. Foto: Tamara Kulumbegashvili/IJF

AMIGO LEITOR
Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico. Não deixe essa chama apagar. Neste momento de dificuldade, toda contribuição financeira é bem-vinda.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro - Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

O Grand Slam de Budapeste começou nesta sexta-feira (08) e o Brasil já garantiu sua primeira medalha. Após uma ótima campanha com quatro vitórias, Rafaela Silva (57kg) chegou à grande final contra a japonesa Haruka Funakubo e acabou ficando com a prata, somando seus primeiros pontos na corrida para Paris 2024.

Judô Tênis

“A competição estava muito forte, tinha 29 atletas na minha categoria, bastante atleta top 10. Essa medalha de prata ficou com um gostinho amargo, porque eu queria a medalha de ouro, é claro. Mas dá cada vez mais confiança para chegar no Campeonato Mundial e estar em busca de novas medalhas”, disse Rafaela Silva após a cerimônia de premiação. 

+ Definido o chaveamento do Grand Slam de Budapeste

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

Taça Brasil Sub-21 reúne quase 400 jovens judocas brasileiros

Neste final de semana começa a classificação rumo à Paris 2024 para a Seleção Brasileira de Judô

Foi a 13ª medalha da campeã olímpica em Grand Slam e a segunda em 2022. Em junho, na Geórgia, ela conquistou o bronze após derrotar a francesa Priscilla Gneto.

Em Budapeste, ela começou o dia com vitória por ippon (estrangulamento) sobre a tcheca Vera Zemanova. Na segunda rodada, venceu a sérvia Marica Perisic após forçar três punições à adversária. Nas quartas de final, superou a britânica Lele Nairne novamente por ippon. Nas semifinais, com um waza-ari no golden score, eliminou a cubana Arnaes Odelin Garcia. A disputa do ouro, que foi um combate inédito contra a japonesa Haruka Funakubo, terminou em hansoku-make, após a brasileira levar três shidos por falta de combatividade.

Seleção Brasileira de judô paralímpico é Campeã do Grand Prix de São Paulo

Com oito medalhas o Brasil termina primeiro dia do Grand Prix como líder na classificação geral

O Judoca Walter Carmona entra para o Hall da Fama do COB

A conquista da prata proporcionou à judoca 700 pontos no ranking mundial. É um importante passo para o Campeonato Mundial Sênior, que acontecerá em outubro deste ano em Tashkent, no Uzbequistão, e para a corrida de classificação para Paris 2024.

A campeã olímpica voltará a lutar no Grand Prix de Zagreb, Croácia, que acontecerá nos dias 15, 16 e 17 de julho. A competição também distribuirá pontos para os ranking mundial.

Fonte: CBJ

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.