Tradutor/ Translate

Conjunto do Brasil valoriza expressão artística ao som de Chaplin

Equipe estreia collant no Pan-americano de Ginástica Rítmica, que terá transmissão do Canal Olímpico

AMIGO LEITOR
Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico. Não deixe essa chama apagar. Neste momento de dificuldade, toda contribuição financeira é bem-vinda.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro - Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

O ritmo é crescente. O collant, novinho, cheio de brilho e estreante em competições. Os gestos, de Charles Chaplin. E os sorrisos nos jovens rostos não são somente para ilustrar a trilha sonora “Smile”, de Carlitos, mas também demonstram o momento que vive o conjunto brasileiro de Ginástica Rítmica. Embaladas pelo pódio no conjunto misto (fitas + bolas) da Copa do Mundo de Pesaro, na Itália, as meninas do Brasil disputam agora o Pan-americano da modalidade, até 10 de julho, no Rio de Janeiro, e prometem muita expressão artística e surpresas na competição.

Judô Tênis

A primeira novidade é justamente a roupa que as meninas vão vestir no Rio. O terninho de Chaplin se transportou para os collants brilhantes do quinteto brasileiro formado por Duda Arakaki, Deborah Medrado, Giovanna Oliveira, Gabrielle Moraes, Nicole Pircio (Bárbara Galvão completa a equipe como reserva). E não é somente esses detalhes que fazem a diferença na coreografia brasileira.

+ Brasileiras brindam o público com um alto nível no Pan-Americano de Ginástica Rítmica

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

Conjunto Brasileiro de Ginástica Rítmica inicia Pan na liderança

“Durante a série a gente tem bastante movimento como se fosse um teatro mesmo. No conjunto misto nós somos Charles Chaplin, então a gente usou referências no collant, o terninho, a gravata, no estilete a gente tem uma fita para fazer o bigode. A ideia é que o público e os árbitros entendam a história que queremos contar”, explicou a capitã da seleção, Duda Arakaki.

Conjunto do Brasil valoriza expressão artística  ao som de Chaplin
Duda Arakaki mostra medalha de bronze conquistada pelo Brasil na Copa do Mundo de Pesaro, na Itália.
Foto: Ricardo Bufolin/CBG

O Brasil vai se apresentar com dois conjuntos: o de fita + bolas e o de arcos. Ambos estão com a expectativa alta para realizar excelentes apresentações no Pan-americano e aproveitarem o embalo de boas performances internacionais nesse ciclo até Paris 2024. Isso porque uma mudança no código de pontuação da Federação Internacional de Ginástica tende a favorecer um forte da seleção brasileira, a parte artística.

Começa hoje, quinta – feira (07), o Campeonato Pan-Americano de Ginástica Rítmica

Brasil conquista nove medalhas no Pan-Americano de Trampolim

A gente iniciou o ciclo olímpico muito bem com o quarto lugar geral e o bronze no misto de fitas + bolas na Copa do Mundo de Pesaro. E essa novidade do código nos deixou muito felizes porque agora existe uma nota específica para a parte artística, que é o nosso forte. Essa mudança veio para somar com o Brasil. A gente não vê a hora agora de estrear essas coreografias com collants novos nesse Pan-Americano, porque esses resultados nos enchem de orgulho e nos dão motivação. Tenho certeza de que as meninas vão fazer uma bela apresentação aqui e levantar o público”, pontuou a técnica Camila Ferezin, campeã panamericana pela seleção brasileira em 1999 e que passou ao comando técnico da seleção em 2011.

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

Para Camila, inclusive, a própria coreografia com a música de Chaplin tem um significado especial. Ela perdeu o pai em 2021 e “Smile” veio como uma lembrança paterna para ser adicionada dentro do tablado.

Camilla e Alice se classificam para a final em primeiro lugar no Sincronizado

Brasil vai à 3 finais do Pan-Americano de Ginástica no Parque Olímpico da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro

“A escolha dessa música foi um momento bem especial. Eu perdi meu pai no ano passado e quando a gente entrou na final do Mundial eu lembro que eu assisti ao filme da Cruella e lá tinha um pedacinho dessa música Smile. Nesse mesmo dia que eu escutei essa música eu sonhei com meu pai, então pra mim foi um sinal que era essa música mesmo, que a gente devia investir, pesquisar e estudar porque essa música ia fazer história”, relatou Camila, que teve o apoio das meninas da seleção:

“Ela (Camila) montou a série e a gente quer mostrar da melhor forma possível, homenagear o pai dela, homenageá-la por tudo que ela já fez por nós, pelo Brasil. A gente está dando duro, está trabalhando muito pra poder fazer essa série da melhor maneira possível. A expectativa é de que a gente tenha casa cheia, que a gente sinta esse calor do público nesse Pan e que venham muitos ouros. E esperamos que todo mundo ame esse collant, porque ninguém viu ainda!”, enfatizou Duda.

O Pan-americano de Ginástica tem entrada gratuita e vai ser realizado no Parque Olímpico, na Arena Carioca 1. O evento também terá transmissão do Canal Olímpico do Brasil, e das contas de Youtube do Time Brasil e da Confederação Brasileira de Ginástica.

Conjunto do Brasil valoriza a expressão artística.
Foto: Ricardo Bufolin/CBG

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

GINÁSTICA RÍTMICA

• 07/07

14h às 20h00 – Cerimônia de abertura e classificatórias do Adulto – Arco, Bola e Conjunto Arcos – CANAL OLÍMPICO

08/07

09h00 às 13h10 – Classificatória Adulto – Grupo 1 e 2 Individual Juvenil – Arco e Bola – Youtube Time Brasil e CBG
14h30 às 21h00 – GR classificatórias Maças, Fita e Conjunto Misto (com premiação) – CANAL OLÍMPICO

09/07

09h00 às 13h10 – Classificatória Adulto – Grupo 1 e 2 Individual Juvenil – Maça e Fita – Youtube Time Brasil e CBG

14h30 às 20h05 – GR final por aparelhos Adulto – Arco, Bola, Conjunto Arcos, Maças, Fita e Conjunto Misto (com premiação) – CANAL OLÍMPICO

10/07

09h30 às 14h20 – Final Individual Juvenil – Arco e Bola / Final Conjunto Juvenil – 5 cordas / Premiação / Final Individual Juvenil – Maça e Fita / Final Conjunto Juvenil – 5 bolas / Premiação – Youtube Time Brasil e CBG

Fonte: COB

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.