Tradutor/ Translate

Ginástica Rítmica do Brasil mostra que tem grande futuro no Campeonato Pan-Americano Juvenil

Ginástica Rítmica do Brasil mostra que tem grande futuro no Campeonato Pan-Americano Juvenil
Foto: CBG/Divulgação

Com investimento, muito trabalho e planejamento, a Ginástica Rítmica do Brasil se esforça para melhorar seus resultados nas competições-alvo, como os Jogos Olímpicos de Paris-2024 e os Mundiais adultos, sem descuidar de seu futuro. E isso ficou claro nesta sexta-feira, nas disputas do Campeonato Pan-Americano Juvenil, que tomaram a parte da manhã e algumas horas no início da tarde desta sexta-feira (8), na Arena Carioca 1, no Parque Olímpico da Barra da Tijuca.

AMIGO LEITOR
Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico. Não deixe essa chama apagar. Neste momento de dificuldade, toda contribuição financeira é bem-vinda.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro - Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

Entre os conjuntos, Yumi Moriyama, Fernanda Heinemann, Laura Gamboa, Lavínia Rocha e Isadora Beduschi mostraram que são dignas representantes da escola brasileira. Com uma série de cinco cordas muito dinâmica e executada com raras inconsistências, ao som de “Live and let die”, composta por Paul McCartney, a equipe sacudiu o ginásio. Com justiça, o Brasil recebeu a nota 26.300, bem à frente do México, que registrou 22.750. Tradicional rival do Brasil nas disputas da categoria adulta, no juvenil as mexicanas apresentaram uma boa série, mas foram penalizadas por alguns erros – em um deles, o aparelho acabou caindo fora da área de competição.

Judô Tênis

+ Conjunto do Brasil valoriza expressão artística ao som de Chaplin

Brasileiras brindam o público com um alto nível no Pan-Americano de Ginástica Rítmica

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

Lavínia não cabia em si de contentamento com a performance. “O coração fica bem feliz com esse resultado. Estamos treinando intensamente por três meses, desde março, quando foi o final da seletiva. É muito satisfatório sair da quadra e ver que todo mundo ficou satisfeito com o nosso desempenho, ver a felicidade da nossa treinadora, da nossa equipe técnica. É a maior emoção. Sem palavras para falar do público que torceu para o Brasil a série inteira. No final, todo mundo recebeu a gente calorosamente. Estamos em casa, fazendo a festa em casa e foi uma delícia”, disse a jovem ginasta.

Individual. Isadora Oliveira foi um dos destaques do Brasil nas provas classificatórias no individual juvenil. Após as apresentações de arco e bola, que somaram 53.100 para o individual geral, a ginasta demonstrou orgulho do trabalho realizado nesta sexta-feira. A brasileira terminou o dia no segundo lugar no individual geral, faltando dois aparelhos a disputar.

“Finalizei meu primeiro dia de competição, estou muito satisfeita com as minhas apresentações. Infelizmente na bola eu tive uma perda, mas amanhã é outro dia”, destacou Isadora, que se classificou em segundo lugar para a final do arco, com 27.000, e em quarto na da bola, com 26.100.

Conjunto Brasileiro de Ginástica Rítmica inicia Pan na liderança

Começa hoje, quinta – feira (07), o Campeonato Pan-Americano de Ginástica Rítmica

A ginasta ainda comentou sobre a emoção de competir em casa. “É uma energia incrível, estou realmente sem palavras. Não dá para explicar toda a vibração que a torcida traz, principalmente quando a gente sai satisfeita, sabendo que conseguiu fazer tudo que foi treinado. Realmente não tem explicação”, afirmou.

Foto: CBG/Divulgação

Além da torcida, Isadora conta com apoios especiais na arquibancada da arena. “Ter a torcida perto ajuda muito, principalmente a dos meus pais. Sempre quis que eles fossem para uma competição internacional e, como foi aqui no Brasil, deu para eles estarem presentes e eu estou muito feliz por isso”, disse ela sobre Eliane e Roberto, que vieram de Curitiba.

Outro destaque do Brasil é a promissora Maria Eduarda Alexandre, que conquisto ouro nas maças, na bola e no individual geral nos Jogos Pan-Americanos Júnior de Cáli, no ano passado, na Colômbia. No Pan, a atleta se classificou em quarto lugar tanto no arco (26.350) quanto na bola (26.550).

Brasil conquista nove medalhas no Pan-Americano de Trampolim

Camilla e Alice se classificam para a final em primeiro lugar no Sincronizado

Outras duas brasileiras tiveram a oportunidade de competir, e teriam avançado a duas finais de aparelho, caso não houvesse o limite de duas representantes de cada país por final. Emanuelle Felberk foi a sétima melhor no arco (25.200), enquanto Keila Santos foi a sexta na bola (25.550).

O grande destaque individual foi a norte-americana Alessia Keys, que se classificou em primeiro lugar no arco (28.750) e na bola (29.400).

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

RESULTADOS – CAMPEONATO PAN-AMERICANO JUVENIL – FASE QUALIFICATÓRIA

CONJUNTOS

1º) BRASIL – 26.300

2º) México – 22.750

3º) EUA – 20.400

4º) Chile – 18.250

5º) Canadá – 17.500

FINALISTAS – ARCO

1º) ALESSIA KEYS – EUA – 28.750

2º) ISADORA OLIVEIRA – BRASIL – 27.000

3º) MEGAN CHU – EUA – 26.950

4º) MARIA EDUARDA ALEXANDRE – BRASIL – 26.350

5º) ANGELINA LIN – CANADÁ – 26.000

6º) CRISTA PARADA – MÉXICO – 26.000

7º) SOFIA GONZÁLEZ – MÉXICO – 24.600

8º) KARIN KAMENETSKY – CANADÁ – 24.400

EMANUELLE FELBERK – BRASIL – 25.200

FINALISTAS – BOLA

1º) ALESSIA KEYS – EUA – 29.400

2º) JAELYN CHIN – EUA – 28.800

3º) MARIA EDUARDA ALEXANDRE – BRASIL – 27.700

4º) ISADORA OLIVEIRA – BRASIL – 26.550

5º) CRISTA PARADA – MÉXICO – 25.150

6º) SOFIA BERDEJO – MÉXICO – 24.800

7º) GRACE LODOEN – CANADÁ – 24.100

8º) MARIA MALDONADO – GUATEMALA – 23.850

KEILA VITÓRIA – 25.550

PROGRAMAÇÃO 

SEXTA-FEIRA, 8 DE JULHO

15H30 – 17H30 – ADULTO – QUALIFICAÇÃO – MAÇAS E FITA – GRUPO B – INDIVIDUAL 

17h40 – 19H40 – ADULTO – QUALIFICAÇÃO – MAÇAS E FITA – GRUPO A – INDIVIDUAL

20H – 20H50 – ADULTO – QUALIFICAÇÃO – SÉRIE MISTA (BOLAS E FITAS) – CONJUNTOS

SÁBADO, 9 DE JULHO

9H-10H40 – ADULTO – QUALIFICAÇÃO – MAÇAS E FITA – GRUPO B – INDIVIDUAL

11H – 12H50 – ADULTO – QUALIFICAÇÃO MAÇAS E FITA – GRUPO A – INDIVIDUAL

13H20 – 14H – JÚNIOR – QUALIFICAÇÃO – 5 BOLAS – CONJUNTOS

16H30 – 17H05 – ADULTO – ARCO – FINAL – INDIVIDUAL

17H05 – 17H30 – ADULTO – BOLA – FINAL – INDIVIDUAL

17H40 – 18H20 – ADULTO – 5 ARCOS – FINAL – CONJUNTOS 

18H50 – 19H25 – ADULTO – MAÇAS – FINAL – INDIVIDUAL

19H25-20H – ADULTO – FITA – FINAL – INDIVIDUAL

20H10-20H50 – ADULTO – FINAL – SÉRIE MISTA (BOLAS E FITAS) – CONJUNTOS

DOMINGO, 10 DE JULHO

9H30 – 10H05 – JÚNIOR – FINAL ARCO – INDIVIDUAL

10H05-10H30 – JÚNIOR – FINAL BOLA – INDIVIDUAL

10H40-11H20 – JÚNIOR – FINAL – 5 CORDAS – CONJUNTOS

11H50-12H25 – JÚNIOR – FINAL MAÇAS – INDIVIDUAL

12H25 – 13H – JÚNIOR – FINAL FITA – INDIVIDUAL

13H10-13H50 – JÚNIOR – FINAL 5 BOLAS – CONJUNTOS

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

A Confederação Brasileira de Ginástica é patrocinada pelas LOTERIAS CAIXA.

Fonte: CBG

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.