Tradutor/ Translate

É CAMPEÃO!!! É CAMPEÃO!!! É CAMPEÃO!!! Guilherme Schimidt é Campeão Grand Slam de Budapeste

Brasileiro vence atual vice-campeão olímpico e conquista seu segundo título de Grand Slam em 2022.

É CAMPEÃO!!! É CAMPEÃO!!! É CAMPEÃO!!! Guilherme Schimidt é Campeão Grand Slam de Budapeste
Foto: IFJ/Divulgação

AMIGO LEITOR
Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico. Não deixe essa chama apagar. Neste momento de dificuldade, toda contribuição financeira é bem-vinda.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro - Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

O Brasil chega a sua segunda medalha na competição

Judô Tênis

Neste sábado (09), Guilherme Schimidt (81kg) conquistou a medalha de ouro no Grand Slam de Budapeste após derrotar Saied Mollaei, do Azerbaijão, que é o atual vice-campeão olímpico e número nove do mundo. Foi o segundo título do brasileiro em Grand Slam. Em abril deste ano, ele também foi campeão em Antalya, na Turquia.

“Estou muito feliz. Venho evoluindo dentro do cenário e hoje ganhei do campeão mundial e medalhista olímpico. Semana que vem tem mais em Zagreb e a preparação segue a todo vapor”, disse Schimidt após a premiação.

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

O medalhista de ouro começou o dia vencendo o alemão Tim Gramkow por ippon. A rodada seguinte, que foi contra Askerbii Gerbekov, do Bahrain, terminou em hansoku-make após o adversário levar três shidos. Nas quartas de final, o brasileiro mandou o canadense Francois Gauthier Drapeau para a repescagem com dois waza-aris. E nas semis, contra o número três do ranking mundial Vedat Albayrak, da Turquia, garantiu lugar na grande decisão.

A vitória concedeu a Schimidt importantes 700 pontos no ranking mundial, que define os convocados para o Campeonato Mundial Sênior, e deu início à corrida de classificação para Paris 2024. Ele voltará a lutar no Grand Prix de Zagreb, Croácia, que acontecerá nos dias 15, 16 e 17 de julho.

Guilherme Schimidt é..... Grand Slam de Budapeste
Guilherme Schimidt (81kg) após vencer semifinal.
Foto: Reprodução/Instagram @judogallery

+ Rafaela Silva é Prata no Grand Slam de Budapeste

Definido o chaveamento do Grand Slam de Budapeste

Taça Brasil Sub-21 reúne quase 400 jovens judocas brasileiros

Demais resultados do sábado

Além de Guilherme Schimidt, o Brasil também teve Ketleyn Quadros (63kg) na disputa por medalhas. Buscando o bronze, ela foi superada pela venezuelana Anriquelis Barrios e acabou ficando com a quinta colocação.

Mais cedo, nas preliminares, a Seleção Brasileira teve mais seis judocas competindo. Na estreia, Daniel Cargnin (73kg) parou em Rustam Orujov, do Azerbaijão; Julio Cesar Koda (73kg) caiu para Shakhram Akhadov, do Uzbequistão; e Vinicius Panini (81kg) foi derrotado pelo porto riquenho Adrian Gandia.

No feminino, Tamires Crude (63kg) perdeu na estreia para Moldir Narynova, do Cazaquistão. Luana Carvalho (70kg) passou pela mongol Enkhchimeg Tserendulam, mas caiu para a alemã Miriam Butkereit, número 12 do mundo, na rodada seguinte. Maria Portela (70kg), também na primeira rodada, foi derrotada pela japonesa Saki Niizoe, que posteriormente veio a conquistar a medalha de ouro.

Neste final de semana começa a classificação rumo à Paris 2024 para a Seleção Brasileira de Judô

Seleção Brasileira de judô paralímpico é Campeã do Grand Prix de São Paulo

Com oito medalhas o Brasil termina primeiro dia do Grand Prix como líder na classificação geral

Fonte: CBJ

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.