Tênis de Mesa

Mesatenistas Vitor Ishiy e Eric Jouti conquista título brasileiro

2586.V

Divulgação/CBTM
Dupla título Absoluto A do Campeonato Brasileiro

Dupla título Absoluto A do Campeonato Brasileiro

Competições

Parceria campeã veio de temporada de treinamentos na Alemanha. Vitor Ishiy vive e treina em Ochsenhausen com outros três atletas da seleção brasileira

De volta ao Brasil após um ano na Alemanha, a dupla de tênis de mesa Vitor Ishiy e Eric Jouti (São Caetano/SP) venceu Humberto Manhani/ Pedro Ramos (Criciúma/SC) por 3 sets a 1, parciais de 11/9, 7/11, 11/8 e 11/1. O título Absoluto A do Campeonato Brasileiro está sendo disputado no Centro Esportivo Miécimo da Silva, em Campo Grande, no Rio de Janeiro (RJ).

Antes, a dupla havia eliminado Daniel Santos/Heverton Braz (Jundiaí-SP), Adilson Toledo/Daniel Lira (São Paulo) e Danilo Toma/Giuliano Peixoto (Concórdia/SC), todos por 3 a 0. O bronze foi para Toma/Peixoto e Massao Kohatsu/Vitor Santos (São Paulo).

Treinamento no exterior

A parceria campeã veio de uma temporada de muito aprendizado na Alemanha. Vitor Ishiy vive e treina em Ochsenhausen com outros três atletas da seleção brasileira adulta: Hugo Calderano, Gustavo Tsuboi e Cazuo Matsumoto.

“Voltei com mais regularidade. Treinando lá, o nível acaba subindo um pouco mais, então conseguimos fazer as coisas com mais confiança e regularidade. Acho, inclusive, que esse foi o ponto forte da dupla. Erramos pouco e pressionamos o adversário”, afirmou Ishiy.

O desenvolvimento, no entanto, teve seu preço, já que Vitor superou as dificuldades iniciais para se encaixar no ritmo dos companheiros de treino. “O mais difícil foi me acostumar ao ritmo deles para acompanhar os treinamentos. E também senti um pouco o fato de morar sozinho. Foi uma experiência nova para mim, mas muito positiva”, disse.

Vitor esteve focado nos treinamentos, enquanto Eric Jouti conseguiu disputar mais competições. O brasileiro de 21 anos atuou pelo TV Leiselheim, da quarta divisão alemã, e foi o melhor jogador da competição, com 35 vitórias e apenas uma derrota. O desempenho lhe rendeu um convite para atuar na liga de cima a partir do meio do ano.

No início deste mês, conquistou ainda uma etapa do circuito Challenger Series, que reúne atletas de toda a Europa. Para chegar ao título, o brasileiro superou atletas mais experientes e melhor ranqueados, como o croata Frane Kojic, que atua na elite alemã.

“Foi uma temporada boa, mas dura. Fiquei cinco meses direto lá fora, pensava em voltar, mas fiquei e me dediquei muito, pois sabia que seria bom para mim. Aprendi muito vendo e treinando. Valeu a pena”, avaliou Jouti.

www.brasil.gov.br
Ministério do Esporte

Mais...

Buscas

Todas as notícias