Rio 2016

Australian Open acirra a corrida pela classificação para os Jogos Rio 2016 entre estrelas do badminton

2198.V

Getty Images
Os coreanos Yoo Yeon Sung e Lee Yong Dae foram os únicos a defenderem o título conquistado em 2014

Os coreanos Yoo Yeon Sung e Lee Yong Dae foram os únicos a defenderem o título conquistado em 2014

Evento da Superseries é um dos principais para a formação do ranking mundial do esporte

O Parque Olímpico de Sydney, na Austrália, confirmou a sua vocação para o esporte e recebeu alguns dos maiores nomes do badminton neste fim de semana. Lá foi realizado o Australian Open 2015, quinta etapa da Superseries da temporada. Além de consagrar alguns dos principais atletas, o torneio vale pontos para o ranking mundial que vai definir os atletas classificados para os Jogos Olímpicos Rio 2016 em maio do ano que vem.

Na competição de simples masculino, o chinês Chen Long, atual número 1 do mundo, confirmou o favoritismo ao vencer com facilidade a partida final contra o dinamarquês Viktor Axelsen. Já entre as mulheres, Carolina Marín fez história e conseguiu quebrar o domínio asiático no torneio. A espanhola, que também é atual campeã mundial, saiu vitoriosa do embate final contra Wang Shixian, da China, garantindo o ouro na competição feminina de simples.

Nas duplas masculinas, a Coréia do Sul bateu a China na final, fazendo de Yoo Yeon Sung e Lee Yong Dae os únicos a defenderem o título no torneio. Mas a sorte chinesa virou com o torneio feminino, que teve duas duplas na final. Ma Jin e Tang Yuanting acabaram vencendo as compatriotas Tang Jinhua e Tian Qing em uma partida apertada que só terminou com o desempate no terceiro set.

Já na competição mista, Hong Kong triunfou sobre a China, com vitória de Lee Chung Hei e Chau Hoi Wah sobre Liu Cheng e Bao Yixin por 2 sets a 1.

A Superseries é um dos principais eventos em número de pontos para formação do ranking mundial da Federação Internacional de Badminton (BWF). Os vencedores de cada uma das cinco provas somaram 9.200 pontos, enquanto o segundo lugar levou 7.800. Os demais participantes somaram de 40 a 6.420 pontos, de acordo com a sua classificação no torneio (confira todos os resultados).

Ao todo, 172 atletas disputarão as cinco provas do badminton nos Jogos Rio 2016 – simples e duplas masculino e feminino, além das duplas mistas. Cada país pode inscrever até 2 atletas para as provas de simples e 4 para duplas. Os melhores colocados de cada país no ranking de 5 de maio se qualificam.

www.rio2016.org
Rio 2016

Mais...

Buscas

Todas as notícias