Tradutor/ Translate

Rafael Macedo, Leonardo Gonçalves e Maria Suelen Altheman em busca dos primeiros pódios no Grand Slam de Tel Aviv

Rafael Macedo, Leonardo Gonçalves e Maria Suelen Altheman em busca dos primeiros pódios no Grand Slam de Tel Aviv
Nesta sexta, os melhores resultados foram de João Macedo (81kg) e Maria Portela (70kg), que venceram uma luta cada
Foto: Federation International Judo

As chances de medalha do Brasil no Grand Slam de Tel Aviv ficaram para o último dia de competição. Neste sábado, 20, Rafael Macedo (90kg), Leonardo Gonçalves (100kg) e Maria Suelen Altheman (+78kg) entrarão no tatame israelense em busca dos primeiros pódios do judô brasileiro na competição que distribui até mil pontos no ranking de classificação para Tóquio 2020.

AMIGO LEITOR
Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico. Não deixe essa chama apagar. Neste momento de dificuldade, toda contribuição financeira é bem-vinda.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro - Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

+ Judô brasileiro tem vitórias de Allan Kuwabara e Willian Lima, mas fecha primeiro dia em Tel Aviv sem medalhas

Nesta sexta, segundo dia de disputas, a seleção contou com cinco atletas em ação e os melhores resultados vieram com João Macedo (81kg) e Maria Portela (70kg).

João estreou com vitória por ippon, finalizando o israelense Dilan Rechister com uma chave de braço. Na segunda rodada, porém, o brasileiro encarou o atual vice-campeão mundial e cabeça-de-chave número de Tel Aviv, Matthias Casse, da Bélgica, que venceu João por waza-ari.

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

+ Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio 2020 terão participação de árbitros brasileiros

Portela foi a única representante do Brasil nas chaves femininas e estreou com vitória por ippon sobre a anfitriã Shaked Amihai. Nas oitavas-de-final, a brasileira caiu para a britânica Kelly Pollard, nas punições.

Os outros três judocas que lutaram nesta sexta ficaram na primeira rodada. Eduardo Barbosa foi imobilizado por Eric Ham, da Grã-Bretanha; David Lima (73kg) sofreu um waza-ari na luta com o búlgaro Mark Hristov; e Victor Penalber (81kg) parou no estrangulamento de Kenny Bedel, da Itália.

As disputas deste sábado começarão às 5h30 da manhã, no horário de Brasília, com finais a partir do meio-dia.

O Grand Slam de Tel Aviv é o primeiro da série de cinco etapas desse nível previstas no calendário da FIJ até os Jogos Olímpicos. As próximas serão em Tashkent/UZB, Tbilisi/GEO, Antalya/TUR e Paris/FRA.

RESULTADOS – GRAND SLAM TEL AVIV

Fonte: CBJ (cbj.com.br)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.