Toronto 2015

Badminton vai disputar o ouro nas duplas masculina e feminina em Toronto

2233.V

Divulgação/COB
Daniel Paiola/Hugo Arthuso e irmãs Luana/Lohaynny Vicente chegam à final do Pan; modalidade ainda garantiu um bronze na dupla mista

Daniel Paiola/Hugo Arthuso e irmãs Luana/Lohaynny Vicente chegam à final do Pan; modalidade ainda garantiu um bronze na dupla mista

O badminton do Brasil alcançou nesta terça-feira, dia 14 de julho, sua melhor participação na história dos Jogos Pan-americanos. Primeiro, a dupla formada por Daniel Paiola e Hugo Arthurso venceu Javier Ozuna e José Cabrera, da República Dominicana, por 2 sets a 0 (parciais de 21/13 e 23/21) e se classificou para a final do torneio masculino de duplas nos Jogos Pan-americanos Toronto 2015. Depois, as irmãs Luana e Lohaynny Vicente, num duelo emocionante, passaram pelas canadenses Alex Bruce e Phyllis Chan também por 2 a 0, com parciais de 22/20 e 21/14. O dia ainda teve a medalha de bronze da equipe mista, formada por Alex Tjong e Lohaynny Vicente. As três medalhas no Canadá superam a campanha da modalidade em Guadalajara 2011, até então a melhor participação brasileira, com o bronze de Paiola no torneio de simples.

"Chegar à final é consequência de muito trabalho, a gente treina muito. Mas já conversamos nós duas, que viemos para Toronto em busca do ouro, a semifinal já passou", disse Lohaynny, após o jogo em que enfrentaram não só a dupla adversária como um ginásio lotado de canadenses. "Nosso treinador também é muito bom, a gente torce para que ele fique um bom tempo conosco. Jogar e ver que ele está ali, na beira da quadra, dá muita segurança", completou a atleta, com duas medalhas garantidas em Toronto.

O treinador em questão é o português Marco Vasconcelos, ex-atleta do badminton, com três participações em Jogos Olímpicos. A imagem de Marco abraçado às meninas, ao fim da partida, exemplifica o sentimento de orgulho do treinador com o feito de suas comandadas.

"Elas têm uma história de superação e agora sonham alto, com muitas conquistas. E eu quero estar presente, quero fazer parte da realização do sonho dessas meninas", disse o técnico.

Além das vagas na final no torneiro de duplas masculina e feminina, o Brasil chegou à semifinal na categoria dupla mista, o que assegurou ao país mais uma medalha de bronze – no badminton não há disputa pelo terceiro lugar e são distribuídas quatro medalhas de premiação, sendo duas de bronze.

Como Alex Tjong e Lohaynny Vicente não conseguiram superar os canadenses Toby NG e Alex Bruce na semifinal, sendo derrotados por 2 sets a 0 (17/21 e 16/21), ficaram com a medalha de bronze.

www.cob.org.br
COB

Mais...

Buscas

Todas as notícias