Após derrotar o Mogi, Flamengo enfrenta o Corinthians um dia depois para manter liderança do NBB

Marquinhos ressaltou a rotação do elenco rubro-negro
Foto: Marcos Limonti/Divulgação

Jogar um clássico contra o Corinthians é algo que exige muito da mentalidade de qualquer atleta, mas nesta terça-feira (29), às 20h, os jogadores do Flamengo terão um desafio físico a mais no Ginásio do Morumbi, em São Paulo, para manterem a liderança da equipe no NBB 2020/2021.

AMIGO LEITOR

Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico.
Venha fazer parte desta família.
Colabore com a divulgação dos esportes.
Não deixe essa chama apagar.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro
Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

Por conta das restrições impostas pelo Governo de SP que fizeram o Estado voltar à fase vermelha da contenção da pandemia do novo Corona Vírus nos dias 25, 26 e 27 de dezembro, a partida entre Flamengo e Mogi, que seria jogada no dia 27, foi adiada para o dia 28, às 11h. Após a vitória por 87 a 56 em um jogo com muita rotação entre seus jogadores, a equipe carioca já se prepara para o duelo desta terça, com transmissão exclusiva da ESPN.

Tabela de Jogos do NBB 2020/2021

Judô Tênis
Flamengo teve jogo duro contra o Mogi
Foto: Marcos Limonti/Divulgação

De volta às quadras após se recuperar da covid-19, Marquinhos atuou por apenas 24m27s. Para o ala, uma das principais estrelas do time, a alta rotação mostra a qualidade da equipe, que ganhou 13 de seus 14 jogos e é líder do NBB.

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

“A gente roda bem o elenco. Quem entra mostra disposição física e tática com a bola caindo ou não. A gente é muito consistente defensivamente e somos muito solidários no ataque. Temos que manter esse padrão. Atacar e defender com os cinco jogadores em quadra, porque no segundo tempo isso faz uma diferença muito grande”, explicou Marquinhos.

Mesmo que ainda esteja recuperando o ritmo de jogo, o experiente atleta, que anotou 9 pontos, pegou 5 rebotes e deu assistências contra o Mogi, apontou que sua prioridade é ajudar o Flamengo e superar o cansaço.

“Eu venho de 20 dias parado. Evoluí muito nesta janela, mas ainda falta recuperar um pouco da confiança para lances livres, por exemplo, que eu não costumo errar e arremessos de 3 pontos, mas isso vem com o tempo. O importante é o time estar vencendo. Eu tenho que dar o meu máximo, independentemente da bola cair ou não, demonstrar força na defesa, na rotação e fazer coisas diferentes para o time continuar vencendo”, completou.

Preparação física em dia

Quem teve de mudar o padrão habitual foi a comissão técnica do Flamengo, que por conta do adiamento, precisou fazer uma adaptação de última hora para recuperar o seu plantel da melhor forma possível.

“Normalmente fazemos uma recuperação dos atletas no dia seguinte aos jogos, mas como são dois dias de jogos consecutivos, eu e o pessoal da fisioterapia fazemos a recuperação dos atletas já na parte da tarde. Essa recuperação pode ser na quadra, na academia ou na piscina. Vamos definindo de acordo com os jogos e o momento”, explicou Bruno Nicolaci Costa, preparador físico do Flamengo.

Mesmo avaliando as condições físicas de cada, Nicolaci fez questão de dizer que tudo é feito e discutido com todos os integrantes do banco rubro-negro.

“A gente deixa a critério do treinador e monitoramos ao longo dos jogos. Se o Gustavo (de Conti) precisar em quadra ele terá o atleta por quanto tempo achar necessário, e eu vou fazendo a avaliação depois do jogo. Como abrimos vantagem no jogo contra o Mogi, conseguimos poupar alguns atletas que geralmente tem a minutagem alta.”

“Temos dois parâmetros: o coletivo e o individual. Eu vou conversando com os jogadores para ver a percepção de esforço ou caso tenha ocorrido alguma intercorrência durante o jogo. Eu e o fisioterapeuta Ricardo Machado e de acordo com a conduta do atleta, vamos condicionando a recuperação dele”, afirmou o preparador físico, que assegurou que todos os jogadores que viajaram a São Paulo estarão aptos para o clássico das multidões.

Bruno Nicolaci Costa, preparador físico do Flamengo, já começou o trabalho de recuperação do elenco logo após o jogo contra Mogi
Foto: Marcos Limonti/Divulgação

Sobre o jogo desta terça, Marquinhos ressaltou que os jogos em dias seguidos não tirarão a gana do Flamengo de manter sua invencibilidade sobre a equipe paulista.

“Eu já joguei seis jogos contra o Corinthians e seguimos invictos. A gente sabe que é um clássico, as duas maiores torcidas do Brasil. O Flamengo é grande, e queremos seguir grandes porque temos grandes objetivos na competição”, disse o atleta, visando também o Super 8, que acontecerá entre os dias 15 e 23 de janeiro.

O NBB é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), com chancela da Confederação Brasileira de Basketball (CBB) e em parceria com a NBA e o CBC, e conta com os patrocínios oficiais da Budweiser, Nike, Penalty, Plastubos, EY, Betmotion, IMG Arena e Genius Sports.

Fonte: NBB (lnb.com.br)

Share