Toronto 2015

Etiene Medeiros ganha primeiro Ouro da Natação feminina Brasileira em Jogos Pan-Americanos

27.V

Divulgação/COB
Brasil conquista sete medalhas neste quarto dia de competição, incluindo um ouro de Felipe França

Brasil conquista sete medalhas neste quarto dia de competição, incluindo um ouro de Felipe França

A natação feminina brasileira viveu uma noite inesquecível nesta sexta-feira, 17 de julho, em Toronto 2015. Etiene Medeiros entrou para a história do esporte nacional ao se tornar a primeira nadadora do país a ganhar uma medalha de ouro em Jogos Pan-americanos, nos 100m costas, com o tempo de 59s61. De quebra, estabeleceu um novo recorde pan-americano na prova e conquistou uma prata nos 50m nado livre. Após quatro dias de competição, as meninas do Brasil somam ainda quatro bronzes. A própria Etiene tem um deles, conquistado com a equipe do revezamento 4x100m livre. Neste sábado, último dia da natação, ela volta à piscina do Pan-Am Aquatics Center & House Field para disputar o 4x100m medley.

"A natação feminina brasileira está muito forte. Nós temos que acreditar mais nela. As meninas do peito, por exemplo, nadaram super bem. É bom ver essa geração nova com vontade, com raça. E eu sou menina também, tenho 24 anos", comentou Etiene, que no ano passado já havia se tornado campeã mundial nos 50m costas e no revezamento 4x50m medley. "Na minha terra a gente diz que um mosquito, quando chega, pica um, pica outro e vai contagiando todo mundo. Eu contagiei a mim mesma com os resultados do Mundial do ano passado", brincou ela, que é pernambucana.

O Brasil ainda conquistou outras cinco medalhas esta noite, além das duas de Etiene. Incluindo mais um ouro, nos 100m nado peito, com Felipe França estabelecendo novo recorde pan-americano e terceiro melhor tempo do mundo no ano: 59s21. No pódio, dobradinha brasileira, já que Felipe Lima ficou em segundo lugar na prova.

"É bom para o Brasil que nós dois estejamos sempre disputando o ouro, é bom para a nossa natação", afirmou Felipe França, que também foi medalha de ouro nos 100m peito e no 4x100m medley nos Jogos Pan-americanos Guadalajara 2011 e foi campeão mundial dos 50m peito em 2010 e 2011, e dos 50m e 100m peito em 2014. "Agora quero a medalha olímpica. É o que falta na minha carreira. Tenho um ano até os Jogos de 2016 para me preparar. Perdi um quilo aqui, estou com 98kg. Quero ficar entre 93kg e 95kg nos Jogos", disse.

O Brasil ainda conquistou medalhas de prata com Guilherme Guido, nos 100m costas, e com Bruno Fratus, nos 50m livre; e de bronze com Leonardo de Deus, nos 400m livre. Neste sábado, último dia da natação em Toronto, Felipe França, Etiene Medeiros e Thiago Pereira, entre outros, voltam à piscina.

www.cob.org.br
COB

Mais...

Buscas

Todas as notícias