Toronto 2015

Seleção Masculina de Tênis de Mesa também avança invicta ás Quartas de Final

2503.V

Divulgação/COB
Homens repetem desempenho de compatriotas e fecham dia sem derrotas. Fase eliminatória começa nesta segunda

Homens repetem desempenho de compatriotas e fecham dia sem derrotas. Fase eliminatória começa nesta segunda

As seleções brasileiras de tênis de mesa encerraram o primeiro dia de disputas dos Jogos Pan-americanos de Toronto, no Canadá, invictas e classificadas para as quartas de final por equipes. Após o time feminino superar Peru e Cuba, o masculino repetiu a dose neste domingo (19) com vitórias sobre Equador e Estados Unidos.

Os brasileiros fecharam o dia após derrotarem os norte-americanos por 3 jogos a 0 e garantirem a liderança do Grupo A. A seleção voltará à mesa nesta segunda-feira (20), às 20h, pelas quartas de final. A definição do adversário depende da última rodada da fase de classificação.

Gustavo Tsuboi (55º colocado do ranking mundial) abriu o confronto com os Estados Unidos derrotando Jimmy Butler (407º) por 3 sets a 0. Após uma primeira parcial equilibrada, o paulista assumiu o controle da partida e fechou em 12/10, 11/5 e 11/8.

A segunda vitória da seleção veio com Hugo Calderano (76º), que enfrentou o jovem Kanak Jha (399º), de apenas 15 anos. O norte-americano demonstrou potencial, mas não foi páreo para o carioca: 3 sets a 0, parciais de 12/10, 11/7 e 11/9.

Nas duplas, Tsuboi e Thiago Monteiro (141º) tiveram dificuldades diante de Butler e Timothy Wang (302°). Após saírem perdendo por 2 a 0, os brasileiros conseguiram se impor na partida e viraram para 3 a 2 (8/11, 7/11, 11/8, 11/6 e 11/3).

"Foi importante para vermos que, se descuidarmos ou não entrarmos 100% num jogo, corremos o risco de sermos surpreendidos. Hoje, achamos a solução para virar essa partida, mas, numa eliminatória, podemos acabar dando uma chance de o adversário vir para o jogo. Já conversamos e vamos colocar ainda mais atitude na mesa", disse Thiago.

"Temos um bom nível técnico, nossa equipe é bem homogênea. Mas é um evento especial, que acontece a cada quatro anos. Todos os países dão o seu melhor, não há jogo fácil", completou Tsuboi.

Mais cedo, a seleção masculina havia derrotado o Equador também por 3 a 0. Durante o confronto, destaque para a vitória de Calderano sobre Alberto Mino (212º), seu algoz nas quartas de final da Copa Latino-Americana, no fim de maio, em Cuba.

"Por conta do último jogo, entrei bem preparado e muito focado. Sabia como tinha de jogar com ele, o Mino coloca muita pressão nas primeiras bolas", afirmou o mesatenista de 19 anos, que disputa o Pan pela primeira vez.

Meninas nas quartas

A seleção feminina também está garantida nas quartas. Neste domingo, Lin Gui (129ª), Caroline Kumahara (154ª) e Ligia Silva (178ª) venceram seus dois confrontos por 3 jogos a 0, contra Cuba e Peru. As brasileiras aguardam as adversárias do duelo marcado para as 18h de segunda.

Cada confronto por equipes é disputado em sistema de melhor de cinco partidas: dois jogos individuais, um de duplas e, caso necessário, mais dois de simples.

As disputas individuais, que classificarão os campeões individuais para os Jogos Olímpicos Rio 2016, começarão na quarta-feira (22).

Fonte: CBTM

www.cob.org.br
COB

Mais...

Buscas

Todas as notícias