Nota de falecimento de Francisco de Carvalho Filho ex-vice-presidente da CBJ e atual presidente da Federação Paulista de Judô

Nota de falecimento de Francisco de Carvalho Filho ex-vice-presidente da CBJ e atual presidente da Federação Paulista de Judô
Francisco de Carvalho Filho
Foto: CBJ

A Confederação Brasileira de Judô expressa seu mais profundo pesar pelo falecimento de Francisco de Carvalho Filho, ex-vice-presidente da CBJ e atual presidente da Federação Paulista de Judô. Chico do Judô, como era mais conhecido, tinha 70 anos e faleceu na tarde desta quarta-feira, 24, por complicações em decorrência da Covid-19. Ele era também candidato à presidência da CBJ nas eleições deste ano.

AMIGO LEITOR

Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico.
Venha fazer parte desta família.
Colabore com a divulgação dos esportes.
Não deixe essa chama apagar.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro
Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

+ Morre ex-atleta da seleção brasileira Fenelon Oscar Muller, pai do judoca David Moura

“Francisco, que há alguns anos passou por transplante de fígado, no ano passado recebeu um rim também por transplante. Na segunda-feira (15) em virtude de complicações pelo Covid 19, foi internado no Hospital do Rim, na Vila Mariana, e acabou falecendo”, informa nota oficial emitida pela FPJudo.

Judô Tênis

+ Judô despede-se de Shigueto Yamasaki, árbitro brasileiro em quatro Jogos Olímpicos

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

Nascido em Guarulhos (SP), Francisco de Carvalho Filho dedicou sua vida ao Judô. Além de presidir a FPJudo por muitos anos, formou diversos judocas em seu dojô na Associação de Judô Mauá, integrou o Conselho Nacional de Graduação e ocupou o posto de vice-presidente da CBJ durante a gestão Paulo Wanderley Teixeira.

+ Judô brasileiro se despede do grande mestre Shuhei Okano

Paralelamente, estabeleceu-se como empresário de sucesso no ramo da construção civil e, por décadas, foi vereador da cidade de Mauá, em São Paulo, exercendo outros cargos públicos também naquela cidade.

Enlutada, a família do judô brasileiro solidariza-se aos familiares, amigos e alunos de Francisco e a toda a comunidade do judô paulista neste momento difícil de despedida.

Fonte: CBJ (cbj.com.br)

Share