Bia Ferreira vence e avança no Torneio de Strandja

Bia Ferreira vence e avança no Torneio de Strandja
Baiana foi a única representante do Brasil a vencer nesta quarta
Foto: © Rodolfo Vilela/Ministério da Cidadania

A brasileira Bia Ferreira, da categoria até 60 quilos, venceu a sueca Agnes Alexiusson nesta quarta-feira (24) na segunda rodada do Torneio de boxe Strandja, sediado em Sófia (Bulgaria).

AMIGO LEITOR

Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico.
Venha fazer parte desta família.
Colabore com a divulgação dos esportes.
Não deixe essa chama apagar.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro
Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

+ Brasil vence cinco lutas no Torneio de boxe de Strandja

Assim como na estreia, quando dominou a indiana Chopra Shashi, a brasileira campeã mundial em 2019 venceu por decisão unânime dos juízes. Ela volta a entrar no ringue na próxima quinta-feira (25), pelas quartas de final contra a turca Yildiz Esra.

Judô Tênis

+ Esquiva Falcão vence e segue invicto com 28 vitórias

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

Se a baiana seguiu mostrando que está em excelente forma, os outros cinco pugilistas brasileiros que lutaram nesta quarta perderam os combates e foram eliminados.

+ Antes do 72º Strandja Tournament equipe Olímpica realiza treinamento

Edson Jesus, na categoria até 69 kg, caiu para o indiano Boora Naveen por 29 a 28. Na mesma categoria de peso, Luiz Fernando da Silva foi dominado e eliminado pelo ucraniano Yevhenii Barabanov. Wanderson Oliveira, que representou o Brasil na categoria até 63 quilos, ficou pelo caminho ao ser superado pelo uzbeque Asadkhuja Muydinkhujaev. Entre os pesados, o armênio Narek Manasyan foi melhor do que o brasileiro Abner Teixera e seguiu adiante no torneio. Nos super-pesados, Joel Silva perdeu para o turco Berat Acar.

Publicado em 24/02/2021 – 22:43 Por Juliano Justo – Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional – São Paulo

Edição: Fábio Lisboa

Fonte: Agência Brasil (agenciabrasil.ebc.com.br)

Share