Rio 2016

Aquece Rio: Copacabana recebe 210 triatletas para evento-teste Olímpico e Paralímpico neste fim de semana

2781.V

Getty Images/Dennis Grombkowski
Campeão Olímpico em Londres 2012, Alistair Brownlee é um dos principais nomes do Classificatório Mundial de Triatlo 2015, no Rio

Campeão Olímpico em Londres 2012, Alistair Brownlee é um dos principais nomes do Classificatório Mundial de Triatlo 2015, no Rio

Enquanto atletas consagrados competem por uma vaga nos Jogos Olímpicos no Classificatório Mundial de Triatlo; Evento Mundial de Paratriatlo dará primeira impressão da estreia do esporte nos Jogos Paralímpicos

Esportes praticados ao ar livre, em especial a natação, a corrida e o ciclismo, já são atividades comuns na Praia de Copacabana, na Zona Sul do Rio. Mas a programação do próximo sábado e domingo promete surpreender até o mais assíduo dos frequentadores. Afinal, não é todo dia que cerca de 210 atletas Olímpicos e Paralímpicos invadem a Orla de Copacabana para realizar, em alto nível, o que os cariocas curtem fazer todos os fins de semana: nadar, pedalar e correr em um dos principais cartões-postais da cidade. Parte do calendário de eventos-teste para os Jogos Rio 2016, o Forte de Copacabana vai receber, nos dias 1º e 2 de agosto, o Evento Mundial de Paratriatlo (WTE) e o Classificatório Olímpico Mundial de Triatlo.

Este será o segundo evento da série Aquece Rio – o primeiro foi a Regata Internacional de Vela, realizado na Marina da Glória, em agosto do ano passado -, e o terceiro dos 45 campeonatos esportivos nos quais as operações dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos serão testadas.

Integralmente organizado pelo Comitê Rio 2016, o evento-teste de triatlo e paratriatlo será uma prévia do que vai rolar nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos em pouco mais de um ano. Para garantir que tudo ocorra da melhor forma possível, cerca de 70 funcionários do Comitê e mais de 500 voluntários vão participar do evento.

Em relação à competição, os testes mais importantes se referem ao desenho do percurso e às condições climáticas da competição, as mesmas esperadas para o período dos Jogos. Controle de doping, cronometragem e gestão dos resultados também serão testados.

No entanto, operações fora das áreas de competição também serão observadas, incluindo o esquema de trânsito da cidade durante as provas, a logística de transporte dos atletas, os serviços médicos oferecidos e a gestão de toda a instalação.

“Vamos replicar parte dos serviços dos Jogos, só que em menor escala. Um dos aspectos importantes que queremos atentar no caso do triatlo e do paratriatlo, além da gestão da competição em si, é a integração da cidade com o evento. Esse teste vai ser muito importante, pois, por serem realizadas ao ar livre, as provas têm um impacto direto para a população local”, conta Delphine Moulin, gerente-geral de Eventos-Teste do Comitê.

Na prova Olímpica, o trecho a ser percorrido compreende 1,5km de extensão em águas abertas, 40km para o ciclismo e 10km para a corrida, ambos realizados no trecho da Avenida Atlântica entre as ruas Rainha Elizabeth e Santa Clara (o trecho de ciclismo inclui ainda uma volta nos arredores do Parque do Cantagalo, na Lagoa).

Já para o paratriatlo, a prova é um pouco menor, compreendendo 750m de nado, 21km de ciclismo e 5km de corrida; e será realizada apenas na região da Avenida Atlântica.

Percurso do triatlo Olímpico em Copacabana: em vermelho, o trecho da natação, em laranja, o do ciclismo, e em amarelo, o da corrida (Foto: Rio 2016)

Público poderá assistir às provas de graça

Com disputas ao longo de todo o fim de semana, as competições serão abertas ao público e poderão ser acompanhadas por torcedores gratuitamente em diferentes pontos da praia.

No sábado (1), atletas e fãs do paratriatlo poderão ter o primeiro gostinho dos Jogos Paralímpicos, uma vez que o esporte só vai estrear nos Jogos na edição de 2016. São esperados mais de 60 atletas de 15 países para o Evento Mundial de Paratriatlo. Divididos em cinco classes funcionais, homens e mulheres vão competir entre 9h30 e 16h10.

Já no domingo (2), é chegada a vez dos atletas Olímpicos, que vem em busca de uma das seis vagas disponíveis (três para homens e outras três para mulheres) nos Jogos Rio 2016. Ao todo, o Aquece Rio Classificatório Olímpico de Triatlo, como é chamado o evento, vai reunir 150 dos melhores triatletas de 25 países. A competição acontece entre as 9h e 11h15 para as mulheres; e entre 12h30 e 14h45 para os homens.

Para mais informações, acesse www.aquecerio.com/triatlo.

www.rio2016.org
Rio 2016

Mais...

Buscas

Todas as notícias