Natação

Nicholas Santos fatura a prata nos 50M Borboleta do Mundial de Kazan

839.V

Divulgação/COB
Cesar Cielo terminou a prova na sexta colocação e Florent Manaudou levou o ouro

Cesar Cielo terminou a prova na sexta colocação e Florent Manaudou levou o ouro

Em uma final muito disputada com Florent Manaudou, nesta segunda-feira, Nicholas Santos conquistou a medalha de prata nos 50m borboleta do Mundial de Kazan, na Rússia. O brasileiro terminou a prova em 23s09, logo atrás do francês (22s97), que levou o ouro. O húngaro Laszlo Cseh e o polonês Konrard Czernizk, ambos com 23s18, ficaram com o bronze. Cesar Cielo terminou em sexto, com o tempo de 23s21.

"Fico feliz com a primeira medalha para o país. Fiz o meu ritual de sempre, deixei pra raspar no final, botei bermuda nova, não respirei e quando eu dei a última braçada vi que o Manaudou estava na frente. O cara é muito alto, parece um 'avatar', mas entrei muito sereno na prova. Estava muito consciente de tudo o que queria fazer. Estava no meu mundo, olhando só para minha raia e bem tranquilo. O que eu faço diferente para me manter competitivo é alimentação. Fico me desafiando o tempo todo para aguentar o treino com a garotada mais jovem. Tento vencer os meus próprios resultados. Não fico tentando bater o Cesar ou o Manaudou. Isso é consequência de outras coisas", explicou Nicholas, que tem 35 anos.

Sentindo dores no ombro desde as eliminatórias, Cesar Cielo explicou seu desempenho na prova.

"Eu não tinha nada a perder. Essa hora aqui é quando a cabeça tem que estar tranquila e deixar a competição acontecer e saber tirar as performances. Ganhando ou perdendo, os 50m livre estão lá me esperando. Independente do que aconteceu. Gostaria de estar em uma outra situação aqui, mas não é a primeira vez que isso acontece comigo. Já passei por situações como essa. No próprio Mundial de Doha, quando eu nadei mal os 50m livre e consegui me levantar para os 100m, então é um dia de cada vez. A competição não acabou ainda e o importante é continuar o melhor. Se o melhor não for o 'melhor', pelo menos eu saio com a tranquilidade de que era isso que eu tinha mesmo. O Nicholas nadou bem e mereceu o resultado", disse Cielo.

Na semifinal feminina dos 100m costas, Etiene Medeiros terminou em nono lugar, com 59s97, e ficou fora da luta por medalhas. Guilherme Guido e João de Lucca também pararam na semifinal. Guido fez 53s88 e ficou em 14º lugar nos 100m costas, e Lucca marcou 1m48s23 nos 200m livre, terminando em 16º.

www.brasil.gov.br
www.brasil.gov.br

Mais...

Buscas

Todas as notícias