Rio 2016

Copa do Mundo de Tiro Esportivo garante mais 6 países nos Jogos Paralímpicos Rio 2016

2493.V

IPC
Samira Eram comemora o ouro, em um pódio 100% iraniano, aumentando o número de vagas do país nos Jogos Paralímpicos Rio 2016

Samira Eram comemora o ouro, em um pódio 100% iraniano, aumentando o número de vagas do país nos Jogos Paralímpicos Rio 2016

Metade dos novos classificados irá estrear no torneio Paralímpico. Onze nações também aumentaram seu número de vagas

Tendo ocorrido apenas dois torneios classificatórios para os Jogos Rio 2016 até agora, o tiro esportivo Paralímpico já soma 34 países com vaga garantida no evento. Após o Campeonato Mundial, realizado na Alemanha em 2014 – que distribuiu vaga a 28 nações –, a primeira etapa da Copa do Mundo 2015, realizada em julho, definiu mais seis classificados: Espanha, Itália, Kuwait, Bulgária, Uzbequistão (estes três últimos países, estreando no tiro esportivo em Jogos Paralímpicos) e Irlanda (que pela primeira vez participará dos Jogos nesse esporte através da qualificação direta). A informação foi divulgada no site do Comitê Paralímpico Internacional (IPC).

(Acompanhe aqui a corrida pela classificação de todos os esportes para os Jogos Paralímpicos Rio 2016)

Realizada na cidade de Osijek, na Croácia, a Copa do Mundo também contribuiu para aumentar o número de representantes de 11 países que já estavam classificados para os Jogos – caso do Irã, que dominou os três lugares do pódio na prova de pistola de ar SH1 10m na classe feminina P2 com Samira Eram conquistando o ouro, Alieh Mahmoudikordkheili, a prata; e Sareh Javanmardidodmani, o bronze. A Coreia do Sul lidera o ranking de países no tiro, com 11 vagas garantidas, seguida pela China, com sete, e Grã-Bretanha e Austrália, com seis.

O país da Oceania, aliás, receberá a próxima etapa da Copa do Mundo, em Sydney, entre os dias 15 e 19 de setembro. A terceira etapa do torneio – e última oportunidade de classificação direta para os Jogos Paralímpicos Rio 2016 – acontecerá entre 3 e 7 de novembro, nos EUA.

Gerente de esporte do tiro esportivo do IPC, Sarah Bond comemorou:

“Atletas e equipes parecem estar satisfeitos com o novo sistema de classificação, que pretende aumentar o número de países com chances de competir. Estamos felizes porque tudo está convergindo para que tenhamos, no Rio 2016, um dos Jogos Paralímpicos mais competitivos da história”.

Rio2016.com não é uma autoridade absoluta sobre as classificações para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, que são um processo em andamento. Vagas finais só serão confirmadas em julho de 2016 (para os Jogos Olímpicos) e agosto de 2016 (para os Jogos Paralímpicos). Os sistemas de classificação são definidos para cada esporte pela respectiva Federação Internacional e o Comitê Olímpico Internacional ou Comitê Paralímpico Internacional e estão sujeitos a mudanças. Quando um atleta ou equipe obtém uma vaga para seu país, a decisão final se ela será usada e quais atletas irão aos Jogos será tomada pelo respectivo Comitê Olímpico Nacional ou Comitê Paralímpico Nacional (CON ou CPN). Mesmo quando atletas alcançarem uma vaga nominal para eles mesmos, CONs/CPNs podem ter de decidir quem irão enviar aos Jogos caso o número de atletas classificados de um país exceda a cota máxima.

www.rio2016.org
Rio 2016

Mais...

Buscas

Todas as notícias