Judô

Atletas e ex-atletas vibram com medalhas do Brasil no Mundial de Judô

5275.V

CBJ
Rogério Sampaio, Flavio Canto, João Derly e Tiago Camilo parabenizaram Érika Miranda e Victor Penalber por conquistas em Astana.

Rogério Sampaio, Flavio Canto, João Derly e Tiago Camilo parabenizaram Érika Miranda e Victor Penalber por conquistas em Astana.

Os judocas Érika Miranda e Victor Penalber foram os responsáveis por colocar o Brasil no pódio já por duas vezes neste Campeonato Mundial, que acontece em Astana, no Cazaquistão. Ambos conquistaram a medalha de bronze e, pelo feito, receberam palavras de apoio e reconhecimente de atletas e ex-atletas que também brilharam nos tatames defendendo as cores do Brasil.

Campeão olímpico em Barcelona 1992, Rogério Sampaio cumprimentou a meio-leve pelo pódio e deu boas-vindas ao peso-meio-médio, que entrou para o seleto grupo de medalhistas em mundiais.

"Parabéns Victor Penalber. Bem vindo ao clube dos judocas brasileiros medalhistas em Campeonato Mundial", disse em rede social. "Parabéns pelo bronze, Érika Miranda. O ouro que não veio neste Mundial está guardado para o Rio 2016", completou Rogério, já projetando uma conquista como a sua para a judoca brasileira.

O também medalhista olímpico, Flavio Canto, bronze em Atenas 2004 na mesma categoria em que Penalber luta atualmente (81kg), lembrou do início da carreira do judoca, forjado nos tatames do projeto social idealizado pelo próprio Canto, o Instituto Reação.

"Persistência, humildade e muito talento. É assim desde criança. Eu sempre olhava e tinha certeza que aquele "moleque" ia longe. Hoje, conquistou sua primeira medalha em mundiais adulto. Apenas a primeira. Cresceu e hoje é um dos melhores do mundo! Parabéns, Victor Penalber! Muito orgulho de te ver "voando"!", escreveu também em uma rede social, recebendo, em seguida, um agradecimento especial de seu pupilo.

"Você é muito responsável por isso tudo, Flavio. Obrigado por ensinar e ser exemplo", comentou o meio-médio medalhista do dia.

Outros dois multimedalhistas em Campeonatos Mundiais, Tiago Camilo, que luta nesta quinta-feira, e João Derly, que está em Astana acompanhando as disputas, também reconheceram os feitos dos dois brasileiros.

"Mais uma medalha para o judô brasileiro! Parabéns, Victor Penalber, medalha de bronze em Astana. A conquista da medalha, que foi a 40º do Brasil na história dos mundiais, ainda foi obtida com uma vitória contra o campeão mundial de 2014", comemorou Derly, bicampeão mundial (Cairo 2005 e Rio 2007).

"Parabéns, Érika e Victor, pela conquista da medalha de bronze no Campeonato Mundial. Lutaram muito!", vibrou Camilo, campeão mundial no Rio em 2007 na categoria em que Penalber acaba de ser bronze.

Nesta madrugada, será a vez dele, Maria Portela (70kg) e Mayra Aguiar (78kg) tentar colocar o Brasil novamente no pódio deste Campeonato Mundial. Tiago estreia contra o russo Kirill Denisov, Portela pega a australiana Aoife Coughlan e Mayra inicia sua defesa de título mundial contra a chilena Jacqueline Usnayo. As lutas começam às 2h da manhã (Brasília) e serão transmitidas ao vivo pelos canais SporTV, ESPN, Esporte Interativo e BandSports.

www.cbj.com.br
CBJ

Mais...

Buscas

Todas as notícias