Rio 2016

Cariocas encaram feras da seleção brasileira de tênis de mesa na estação Central do Brasil

3130.V

Rio 2016/Paulo Mumia
Bruna Takahashi e Lin Gui fizeram uma demonstração do esporte na estação férrea Central do Brasil

Bruna Takahashi e Lin Gui fizeram uma demonstração do esporte na estação férrea Central do Brasil

Trabalhores e estudantes que conseguiram rebater dois saques dos atletas ganharam convites para evento-teste do esporte no Riocentro

Principal ponto de embarque e desembarque de passageiros da cidade do Rio de Janeiro, a Central do Brasil foi tomada pelo espirito Olímpico na manhã desta segunda-feira (16). Bolinhas de tênis de mesa cruzavam a estação em meio às centenas de pessoas que se dirigiam rumo a mais um dia de trabalho, projetadas pelas raquetes de quatro dos principais nomes do Brasil no esporte: Gustavo Tsuboi, Bruna Takahashi, Lin Gui e Caroline Kumahara.

Só que, em vez de competirem entre si, os atletas desafiaram a população: quem conseguiu rebater dois de cinco saques dados pelas feras levou para casa um par de ingressos para as partidas do Torneio Internacional de Tênis de Mesa, evento-teste para os Jogos Olímpicos que acontece entre os dias 18 e 21 de novembro no Riocentro.

Fã do esporte e mesatenista amador, o analista fiscal Lucas Nascimento, de 21 anos, comemorou a chance de “bater uma bola” com alguns de seus ídolos. “Acompanho todos eles. São excelentes jogadores. Aproveitei que precisava resolver umas coisas por aqui e dei uma paradinha para jogar”, contou o carioca.

O carioca Lucas Nascimento foi um dos que garantiram seus ingressos para o evento-teste de tenis de mesa (Foto: Rio 2016/ Paulo Mumia)

Já Vilson Ribeiro, de 33 anos, foi tomado de surpresa pelo desafio promovido pelo Comitê Rio 2016. “Nunca tinha visto um jogo de perto, só pela televisão. Com certeza vou dar uma passada lá”, disse o carpinteiro, que também garantiu seus convites.

Entre rebatidas tímidas da maioria dos desafiantes, uma garotada impressionou pela habilidade com a raquete. Os alunos do sétimo ano do Ginásio Experimental Olímpico Juan Antônio Samarante encararam os saques do quarteto de feras sob os olhos atentos do professor Rodrigo Francer, treinador de tênis de mesa da escola. “Fiquei sabendo que essa demonstração iria acontecer aqui e achei uma boa oportunidade de aproximar meus alunos dos atletas", contou o professor, que treina cerca de 70 alunos. "Alguns realmente se destacam e hoje tiveram um treinamento exclusivo", completou.

É o caso de Arlei Cavalcanti, de 12 anos, que não só rebateu o saque como chegou a marcar ponto sobre a atleta Olímpica Lin Gui. “Comecei a jogar ano passado. Treino todo dia, uma hora por dia. Quero continuar assim e ser atleta no futuro”, disse o estudante.

A garotada do colégio Juan Saramante deu um show na Central do Brasil (Foto: Rio 2016/Paulo Mumia)

Para a atleta - que nasceu em Nanjing, na China, mas treina no Brasil desde os 11 anos -, o evento teve um gostinho da receptividade carioca: “Deu para ver como os brasileiros realmente gostam do tênis de mesa”.

O vice-campeão Pan-Americano Gustavo Tsuboi também destacou a oportunidade de promover o esporte em um dos lugares mais movimentados da cidade. “Não conhecia a estação Central do Brasil e fiquei surpreso com a quantidade de pessoas que passam por aqui. É muito legal ter esse contato com os fãs”, completou.

Gustavo Tsuboi, Lin Gui e Caroline Kumahara posam para 'selfie' com os mascotes do Rio 2016 (Foto: Rio 2016/Paulo Mumia)

www.rio2016.org
Rio 2016

Mais...

Buscas

Todas as notícias