Tradutor/ Translate

Ferroviária goleia e está nas quartas de final da Libertadores Feminina

Ferroviária goleia e está nas quartas de final da Libertadores Feminina
Vitória de 4 a 1 sobre chilenas garantiu classificação
Foto: © Bruno Teixeira/Agência Corinthians/Direitos Reservados

A Ferroviária derrotou a Universidad de Chile por 4 a 1 nesta sexta-feira (12) e garantiu vaga nas quartas de final da edição 2020 da Libertadores Feminina, disputada na Argentina. O jogo foi realizado no estádio José Amalfitani, em Buenos Aires, pela terceira rodada do Grupo D.

AMIGO LEITOR
Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico. Não deixe essa chama apagar. Neste momento de dificuldade, toda contribuição financeira é bem-vinda.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro - Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

Com este resultado, e após o empate sem gols entre Peñarol (Uruguai) e Libertad/Limpeño (Paraguai), a equipe paulista garantiu a vice-liderança da chave com quatro pontos, atrás justamente do time chileno, líder com 6 pontos.

Judô Tênis

+ Avaí/Kindermann perde para o Boca Juniors e esta eliminado da Libertadores Feminina

Classificação no fim

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

Precisando de uma vitória para garantir a classificação, as Guerreiras Grenás começaram a partida buscando o gol. E elas conseguiram abrir o placar ainda no primeiro tempo, aos 40 minutos, quando a lateral Barrinha cobrou escanteio e a zagueira Ana Alice faz de cabeça.

Corinthians mantém 100% de aproveitamento na Libertadores Feminina

Mas, um minuto depois Oviedo conseguiu igualar o marcador. Com isso, o jogo foi para o intervalo empatado em 1 a 1.

Logo aos 10 minutos da etapa final, Ana Alice marcou novamente, desta vez de cobertura, para colocar a Ferroviária novamente em vantagem. Seis minutos depois, a zaga chilena vacilou e Nicoly ampliou para 3 a 1.

Bia Zaneratto atacante da seleção feminina retorna ao Palmeiras

Porém, a classificação ainda não estava garantida, pois, naquele momento, o Libertad/Limpeño tinha melhor saldo do que as brasileiras. Era necessário mais um gol. E ele veio, aos 43 minutos do segundo tempo. Após cobrança de escanteio a bola ficou viva na área, e Rafa Mineira dominou e chutou cruzado para fazer o gol da classificação (que foi garantida pelo maior número de gols marcados pelas brasileiras em comparação com as paraguaias, que ficaram empatadas no saldo com as Guerreiras Grenás). Placar final, Ferroviária 4, Universidad de Chile 1.

Publicado em 12/03/2021 – 20:05 Por Agência Brasil – Rio de Janeiro

Edição: Fábio Lisboa

Fonte: Agência Brasil (agenciabrasil.ebc.com.br)

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.