Brasil faz bonito e conquista Seis Ouros, Uma Prata e Dois Bronzes na Alemanha

Brasil faz bonito e conquista Seis Ouros, Uma Prata e Dois Bronzes na Alemanha
Fotos: Margit Kincses

Foram seis as medalhas de Ouro conquistadas na Cologne World Cup, realizada na Alemanha, que contou com a participação de 94 atletas de 11 países. A campanha vitoriosa demonstra que os nossos atletas entraram no ritmo certo rumo a Tóquio 2021.

AMIGO LEITOR

Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico.
Venha fazer parte desta família.
Colabore com a divulgação dos esportes.
Não deixe essa chama apagar.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro
Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

+ Brasil conquista vaga em cinco finais na Cologne World Cup

Jucielen Romeu (57kg) abriu caminho na conquista brasileira das medalhas de Ouro ao vencer a alemã Omella Wahner em decisão dividida. Wahner traz no currículo um campeonato mundial conquistado em 2018 na Índia.

Judô Tênis

Beatriz Ferreira (60kg) venceu por unanimidade Marija Malenica, da Croácia. Bia dominou a luta com tranquilidade, provocando inclusive uma contagem protetora no 3º round.

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

Brasil estreia com seis vitórias na Cologne World Cup

Keno Machado (81kg) venceu de forma unânime Nurbek Oralbay, do Cazaquistão, conquistando mais um Ouro.

Wanderson Oliveira (63kg) superou o atleta do Cazaquistão Yertugan Zeinulinov, em decisão dividida, e subiu no degrau mais alto do pódio.

Boxe Brasileiro estreia na Cologne World Cup nesta quinta-feira

Abner Teixeira (91kg) perdeu em decisão unânime para Arbek Oralbay, do Cazaquistão, e ficou com a medalha de Prata.

Equipe Olímpica de Boxe do Brasil já iniciou treinamento na Alemanha

Grupo B

A estrutura da competição foi criada para comportar oito atletas por categoria de peso, já que eram três dias de lutas. No entanto, havia 12 atletas inscritos nas categorias 75kg e 69kg masculinas por que alguns países, inclusive o Brasil, possuiam mais de um atleta para essas categorias.

Foi então criado o Grupo B para cada uma das categorias, com quatro atletas em cada um deles. Todos lutaram contra todos.

É campeã!!! É campeã!!! Bia Ferreira é campeã no Torneio de Strandja, na Bulgária

O brasileiro Edson Araujo (69kg) venceu por W.O. o francês Wahid Hambli. Ele venceu duas lutas e perdeu uma. Esses resultados o levaram a conquistar mais uma medalha de Ouro para o Brasil. Edson está desde janeiro de 2020 na Equipe Olímpica Permanente e busca com muita dedicação o seu espaço no grupo.

Nesta modalidade de todos contra todos o destaque ficou com o brasileiro Isaias Ribeiro (75kg) que venceu todos os três desafios e conquistou a medalha de Ouro. Na última luta ele superou Victor Yoka, da França, por unanimidade.

Isaias é um jovem atleta, nascido em 2002, que disputaria ano passado o Campeonato Mundial Juvenil, mas que foi adiado pela Associação Internacional de Boxe – AIBA para acontecer em abril deste ano, na Polônia. Ele será o representante brasileiro nesta competição.

Voltaremos da Alemanha com as malas repletas de medalhas. Ao todo, foram seis Ouros, uma Prata e dois Bronzes.

OURO
60kg – Beatriz Ferreira
57kg – Jucielen Romeu
63kg – Wanderson de Oliveira
81kg – Keno Machado
69kg – Edison Araujo
75kg – Isaias Ribeiro

PRATA
91kg – Abner Junior

BRONZE
75kg – Hebert Souza
52kg – Ronaldo Silva

Fonte: CBBoxe (cbboxe.org.br)

Share