Judô

Paulo Wanderley e Sarah Menezes representam judô na inauguração da Arena Carioca 2

1511.V

Roberto Castro/ME
Equipamento foi entregue na manhã deste sábado em cerimônia com presença do novo Ministro do Esporte, Leonardo Picciani

Equipamento foi entregue na manhã deste sábado em cerimônia com presença do novo Ministro do Esporte, Leonardo Picciani

A casa do judô nos Jogos Olímpicos do Rio 2016 está pronta. A Arena Carioca 2, instalação que receberá, além das competições de judô, a luta e a bocha paralímpica, foi inaugurada na manhã deste sábado, 14, no Rio de Janeiro, cidade-sede dos Jogos. No evento, o judô brasileiro foi representado pelo presidente da CBJ, Paulo Wanderley Teixeira e pela campeã olímpica, Sarah Menezes, que aprovaram a instalação.

"Minha primeira impressão foi de entusiasmo", disse Paulo Wanderley, que no evento esteve acompanhado também pelo secretário geral do Comitê Olímpico do Equador, Fernando Ibañez. "Certamente, é uma das maiores arenas a receber uma competição de judô. Está muito bonita e aconchegante. Já deu para sentir um pouquinho de como será no dia 6 agosto, que é a nossa estreia nos Jogos."

Mais contida, como de costume, Sarah Menezes observou tudo, gostou do que viu, mas revelou não estar ansiosa para o grande dia.

"Eu sou muito tranquila com isso. Não fico pensando muito em como vai ser. Prefiro deixar passar e fazer um dia de cada vez", disse. "Mas, achei tudo muito lindo e a expectativa agora é para ver como vai ficar com público torcendo e apoiando a gente na competição."

A inauguração da Arena foi a primeira ação pública do novo ministro do Esporte, Leonardo Picciani, que assumiu a pasta na última quinta-feira e demonstrou confiança na realização dos melhores Jogos Olímpicos da história em sua cidade natal.

"Finalmente temos um ministro do Esporte carioca", brincou Picciani. "Em meu primeiro evento como ministro quero reforçar e pedir que o Brasil tenha confiança. Nós iremos cumprir todos os pontos que ainda faltam e, nesta fase, o mais importante será aprofundar a interação entre o Ministério, prefeitura, Comitê Organizador e todos aqueles envolvidos nessa operação dos Jogos", finalizou antes de desejar boa sorte aos atletas.
Além deles, participaram do evento outras autoridades políticas e esportivas, como o presidente do COB e do Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, representantes do Comitê Olímpico Internacional, do governo do Estado do Rio de Janeiro e da Prefeitura do Rio de Janeiro.

www.cbj.com.br
CBJ

Mais...

Buscas

Todas as notícias