Tradutor/ Translate

Homenagem a Fabiana Murer pelo seu aniversário

Fabiana Murer, campeã mundial, completa 40 anos
Foto: Eduardo Biscayart/Divulgação

A atleta, que completa 40 anos neste dia 16 de março de 2021, construiu uma carreira incrível por 20 anos, é recordista sul-americana do salto com vara, tem dois títulos da Liga Diamante e o ouro inédito para o Brasil no Mundial de Daegu-2011.

AMIGO LEITOR
Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico. Não deixe essa chama apagar. Neste momento de dificuldade, toda contribuição financeira é bem-vinda.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro - Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

O parabéns da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) é para Fabiana Murer que completa 40 anos neste dia 16 de março de 2021 e é personagem da série Aniversário, criada para homenagear os medalhistas olímpicos e em mundiais adultos. Fabiana foi uma atleta que contribuiu de forma decisiva para o desenvolvimento do salto com vara no Brasil por seus resultados.

Judô Tênis

Tornou-se a primeira mulher campeã mundial do atletismo brasileiro, em qualquer categoria, ao vencer o Mundial Indoor de Doha, no Catar (em 14/3/2010), com 4,80 m. O pioneirismo se repetiu no ano seguinte no Mundial de Daegu-2011, na Coreia do Sul (em 30/8/2011), com novo ouro inédito em estádio aberto e um salto de 4,85 m. Fabiana foi campeã mundial, duas vezes, em provas nas quais Yelena Isinbayeva, o maior nome da história do salto com vara feminino, estava presente.

Ao todo, disputou dez edições de Mundiais representando o atletismo brasileiro (indoor e outdoor). Tem mais duas medalhas, a de bronze (4,70 m) ganha no Mundial Indoor de Valência-2008, na Espanha (8/3/2008), e a de prata conquistada no Mundial de Pequim (26/8/2015), na China, repetindo a marca de 4,85 m.

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

Fabiana é recordista sul-americana da prova, com 4,87 m (3/7/2016), marca obtida em São Bernardo do Campo, São Paulo. Também é recordista indoor brasileira e sul-americana, com 4,83 m, salto feito em Nevers, França (7/2/2015).

É campeã pan-americana, título conquistado no Rio de Janeiro-2007, diante da torcida brasileira no Engenhão, com 4,60 m e tem também as medalhas de prata do Pan de Guadalajara-2011 (4,70 m) e de Toronto-2015 (4,80 m).

A atleta, nascida em Campinas, interior de São Paulo, que fez ginástica olímpica e migrou para o atletismo quando descobriu que estava alta demais e ainda ganharia estatura, brilhou no circuito mundial da World Athletics, a federação internacional de atletismo. Ganhou 14 etapas da Liga Diamante e tem dois troféus de diamante – uma joia lapidada na Europa – por suas vitórias no circuito nobre do atletismo mundial em 2010 e 2014.

Disputou três edições de Jogos Olímpicos. Em Pequim-2008, na China, enfrentou o sumiço de uma de suas varas (ficou em 10º, com 4,45 m). A vara havia sido retirada de seu tubo no depósito da Vila Olímpica. Na Olimpíada de Londres-2012, na Grã-Bretanha, quando já era campeã mundial duas vezes e campeã da Liga Diamante, a prova foi prejudicada pelo vento (saltou 4,50 m). Na véspera dos Jogos Olímpicos do Rio-2016 teve hérnia de disco cervical e não conseguiu se recuperar para saltar bem.

Fez uma bonita carreira por 20 anos e deixou as pistas em 2016. Fabiana Murer é fisioterapeuta e sócia-proprietária no Insport, em São Paulo, onde desenvolveu o Método Murer de Treinamento, casada com Elson Miranda desde 2010 é mãe de Manuela, nascida 2017.

“Mais um aniversário na pandemia, como no ano passado. Vai ser da mesma forma, trancada em casa, com minha família, a Manu e o Elson. Estou fazendo 40 anos, mas vou deixar para comemorar quando a gente puder se abraçar”, disse Fabiana. “Estou correndo na rua, fazendo algumas atividades para me manter saudável”, acrescentou.

A série Aniversário aproveita o dia do nascimento dos heróis do atletismo nacional para trazer um perfil e homenagear. Foi iniciada em 25 de junho de 2020 com a data do aniversário da campeã olímpica Maurren Maggi.

“É uma forma de homenagear os nossos heróis, os atletas que representaram bem o nosso esporte e que tantas glórias trouxeram para o Brasil. Parabéns a Fabiana Murer”, disse Warlindo Carneiro da Silva Filho, presidente do Conselho de Administração da CBAt.

Fonte: CBat (cbat.org.br)

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.