Judô

Seleção de judô recebe quimonos olímpicos para os Jogos Rio 2016

1615.V

CBJ
Uniforme especial para os Jogos foi entregue por Paulo Wanderley Teixeira aos 14 judocas na manhã desta quinta-feira, na Bahia

Uniforme especial para os Jogos foi entregue por Paulo Wanderley Teixeira aos 14 judocas na manhã desta quinta-feira, na Bahia

A seleção brasileira de judô recebeu um presente especial na manhã desta quinta-feira, no Centro de Treinamento da CBJ na Bahia, onde treinam desde a última terça-feira. Cada um dos 14 representantes do Brasil nos Jogos Olímpicos do Rio 2016 recebeu seus quimonos especiais para lutarem na Arena Carioca 2 a partir do dia 6 de agosto. Presidente da CBJ, Paulo Wanderley Teixeira entregou pessoalmente os judoguis olímpicos aos atletas.

Estreante em Olimpíadas, o peso-leve Alex Pombo se emocionou ao receber sua primeira “armadura olímpica”, como ele gosta de dizer.

“É uma sensação única receber o quimono que você sabe que será utilizado nos Jogos Olímpicos, que são o sonho de qualquer atleta.Eu vejo o quimono como a minha armadura. Vai entrar comigo, vai estar comigo o tempo todo e, espero que dê muitos ippons”, disse. “Vou fazer alguns treinos com ele para me adaptar e sentir como ele é na luta.”

Todos os judoguis foram feitos sob medida para os 14 atletas. Representantes da Mizuno vieram ao Brasil especialmente para medir um por um e fabricar no Japão o uniforme da seleção brasileira. Cada atleta recebeu um par de quimono azul e um par de quimono branco todos personalizados com o nome do judoca numa etiqueta interna na gola, já que a federação Internacional de Judô não permite que os nomes sejam bordados nas saias, como de costume. Além disso, os quimonos vêm com a bandeira do Brasil bordado no lado esquerdo do peito.

“O meu é tamanho 1, justinho e veio certinho, na marca. Não vai sobrar manga para ninguém pegar”, brincou a campeã mundial Rafaela Silva que vai disputar pela segunda vez os Jogos Olímpicos. “Eu não vou treinar com ele agora. Vou deixar guardadinho, protegido dentro do saco para só colocar o backnumber olímpico e lutar.”

Além deles, o Brasil será representado no tatame olímpico por Sarah Menezes (48kg), Erika Miranda (52kg), Mariana Silva (63kg), Maria Portela (70kg), Mayra Aguiar (78kg), Maria Suelen Altheman (+78kg), Felipe Kitadai (60kg), Charles Chibana (66kg), Victor Penalber (81kg), Tiago Camilo (90kg), Rafael Buzacarini (100kg) e Rafael Silva (+100kg).

O Judô será disputado no período de 6 a 12 de agosto com uma categoria em cada naipe (feminino e masculino) por dia. Os estreantes brasileiros serão Sarah e Kitadai, enquanto Baby e Suelen encerram a participação do país na modalidade.

www.cbj.com.br
CBJ

Mais...

Buscas

Todas as notícias