Tradutor/ Translate

Revezamento 4x100m livre é ouro e Victor Baganha é destaque no 3° dia de Sul Americano

Foto: Satiro Sodré/CBDA

O revezamento 4x100m livre masculino e Victor Baganha foram os destaque do Brasil nesta quinta-feira (18), terceiro dia de Campeonato Sul-Americano de Esportes Aquáticos, realizado no Parque Olímpico da Juventude, em Buenos Aires, Argentina. O Nado Artístico foi ao pódio na disputa de Solo e Equipes.

AMIGO LEITOR
Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico. Não deixe essa chama apagar. Neste momento de dificuldade, toda contribuição financeira é bem-vinda.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro - Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

+ Revezamento 4x100m livre mantem tradição; Baganha é destaque no terceiro dia do Sul-Americano de Esportes Aquáticos

Judô Tênis

Ao todo, o Brasil conquistou sete medalhas e, agora, acumula 31 na competição (oito de ouro, 11 de prata e 12 de bronze). A competição segue nesta sexta-feira, último dia de disputas de Natação e Nado Artístico.

Depois de vencer os 50m borboleta, Victor Baganha foi o mais rápido pela manhã e confirmou o favoritismo à noite com a marca de 53s40 nos 100m borboleta. Depois, voltou à piscina para ajudar o revezamento 4x100m livre a conquistar mais um ouro ao lado de Victor Alcará, Guilherme Caribé e Lucas Peixoto. O Brasil também foi ao pódio nas provas de 200m costas com Maria Luiza Pessanha e Alexia Assunção, na prova de 1500m livre com Pedro Guastelli e nos 100m borboleta com Luana Oliveira.

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

+ Provas de 100m e 200m livre feminino terão pelo menos oito atletas

“Estou muito feliz com a minha participação no campeonato. São minhas primeiras medalhas em Sul-Americano absoluto, então é muito gratificante poder representar o Brasil desta maneira. Não atingi meus melhores tempos, mas tenho a certeza que dei meu melhor e consegui sair muito satisfeito”, disse Baganha.

+ Brasil conquista 15 medalhas no Sul-Americano de Esportes Aquáticos

Nado Artístico

O dia foi de rotinas livres para o Solo e para Equipes. No Solo, o Brasil conquistou a medalha de prata com Julia Catharino, que somou 160.0052 pontos (técnico e livre). O ouro ficou com a colombiana Monica Estrada. A argentina Carasatorre completou o pódio.

Na disputa de Equipe, a seleção brasileira somou 157.4256 pontos para subir ao pódio com a medalha de prata. A Equipe brasileira foi formada por Maria Bruno, Maria Clara Lobo, Vitória Casale, Luísa Rodrigues, Gabriela Regly, Anna Giulia Veloso, Jaddy Mila Portela e Jullia Catharino. A Colômbia foi a campeã e a Argentina ficou com o bronze.

Natação

Veja os resultados completos da Natação

1500m livre

Sofia Rondel – 16m58s53 4º

Giulia Chicon – 17m02s85 – 6º

Pedro Guastelli – 15m33s16 prata

100m borboleta

Luana Oliveira – 1m00s61 – bronze

Victor Baganha – 53s40 – ouro

Gabriel Perseguin – 54s48 – 6º

200m costas

Maria Luiza Pessanha – 2m16s46 – prata

Alexia Assunção – 2m17s19 – bronze

Pedro Motta – 2m10s48 – 8º

50m peito

Bruna Leme – 33s20 – 5º

Gabrielle Assis – 33s95 – 6º

Pedro Cristo – 29s00 – 5º

Davi Mourão – 29s79 – 7º

Revezamento 4x100m livre

Feminino – bronze – 3m50s73

Masculino – ouro – 3m18s54

Fonte: CBDA/COB (cob.org.br)

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.