Tradutor/ Translate

Será no CDV em Saquarema a fase semifinal

Será no CDV em Saquarema a fase semifinal
CDV, que já recebe as etapas do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia, será sede também da fase final da Superliga Banco do Brasil
Foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV

A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) se reuniu com os clubes envolvidos na fase semifinal da Superliga Banco do Brasil masculina e feminina de vôlei 20/21 nesta sexta-feira (19.03) – incluindo os times que ainda estão na disputa das quartas de final – e definiu o futuro do campeonato. Como havia sugerido na fase anterior, a CBV indicou o Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ), como sede das duas próximas fases (semifinal e final) e, desta vez, os clubes concordaram.

AMIGO LEITOR
Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico. Não deixe essa chama apagar. Neste momento de dificuldade, toda contribuição financeira é bem-vinda.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro - Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

+ Segundo jogo dos playoffs entre SMEL Araucária/ASPMA/Berneck e Unimed/Aero

Judô Tênis

Um novo formato foi acordado e, então, primeiro entram em quadra as equipes femininas. A semifinal neste naipe será realizada nos dias 26, 28 e 30 de março, sendo o terceiro jogo em caso de empate na série melhor de três. Na sequência, os dois times que perderem saem do centro e os vencedores seguem para disputar a grande decisão nos dias 2, 4 e 6 de abril – este último também se necessário.

+ Será no domingo o terceiro jogo entre EMS Taubaté Funvic e Montes Claros América Vôlei

Finalizada a Superliga Banco do Brasil feminina, entram em ação os times masculinos. A semifinal ficou marcada para os dias 7, 10 e 12 de abril – mais uma vez se necessário um terceiro jogo. E a disputa pelo título será nos dias 14 e 16 de abril e, se preciso, o terceiro e decisivo duelo no dia 18.

Todos os jogos, então, serão realizados no CDV, onde há um controle maior e o protocolo médico seguido pela CBV pode ser colocado em prática de maneira mais eficaz. “Sem dúvida que em um único local, e nós temos essa possibilidade através do CDV, tudo fica mais controlado e nós sentimos uma segurança maior em realizar essa reta final da Superliga Banco do Brasil. Contamos com a colaboração dos clubes e vamos fazer tudo dentro do protocolo necessário para concluir a competição da melhor maneira possível”, disse o superintendente da CBV, Renato D´Avila.

Fonte: CBV (cbv.com.br)

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.